A 27ª edição do Rally dos Sertões promete ser a mais desafiadora dos últimos tempos. A conclusão é dos pilotos da equipe Honda Racing de Rally, atual tetracampeã das motocicletas. A prova terá largada inédita em Campo Grande (MS) e chegada em Aquiraz (CE) entre os dias 24 de agosto e 1º de setembro. O percurso completo foi anunciado pela organização do evento na noite desta terça-feira (14), no Jockey Clube de São Paulo (SP).

Ao todo, a competição terá 4.744 quilômetros, sendo 2.832 de especiais (trechos cronometrados), divididos em oito etapas - uma a mais que no ano passado. A disputa também vale pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. Em 2019, o Sertões percorrerá seis estados e terá também como cidades-dormitório Costa Rica (MS), Barra do Garças (MT), São Miguel do Araguaia (GO), Porto Nacional (TO), São Félix do Tocantins (TO), Bom Jesus (PI) e Crateús (CE). Especiais longas, cheias de obstáculos, passagem pelo Jalapão e alto nível técnico serão grandes adversários dos competidores.

Atual campeão do Rally dos Sertões nas motos, o mineiro de Lavras Tunico Maciel ficou impressionado com o trajeto. “Neste ano, o Sertões está explorando muito o interior e as paisagens bonitas do Brasil. As altas quilometragens vão mostrar quem está mais bem preparado e quem tem o melhor equipamento”, destaca o piloto, que utiliza a motocicleta Honda CRF 450RX. “A minha rotina de treinos já é intensa e, depois dessa revelação, vou reforçar ainda mais. Quero defender o título com unhas e dentes. Ser o número um pesa um pouco, mas acredito que tenho competência para isso”, completa.

Referência da modalidade no Brasil, Jean Azevedo está em busca do oitavo título geral das motos no Rally dos Sertões. Ele também utiliza a CRF 450RX. “Vai ser bem desafiador. Teremos um dia a mais de prova, quase cinco mil quilômetros no total e etapas com especiais longas, acima de 500 quilômetros. Com certeza será uma prova de estratégia, bem diferente dos últimos anos. Não vai dar para só acelerar o tempo inteiro, teremos que administrar o dia acerto de poupar o equipamento e o dia certo de atacar”, explica o paulista de São José dos Campos.

Para Bissinho Zavatti, campeão da Rally Brasil, classe destinada aos modelos de fabricação nacional, o percurso surpreendeu. “Será um rali muito duro e exigente. Neste ano, vou com a nova motocicleta CRF 250F. Mais uma vez, o modelo vai ser sucesso na categoria nacional. O Sertões será difícil do início ao fim. Teremos que montar uma boa estratégia para seguir em busca de mais um título, mas estou na equipe com os melhores pilotos e melhores mecânicos”, afirma o piloto, natural de Monte Alto (SP).

Nova gestão
No final de 2018, a Dunas Race, organizadora do Rally do Sertões, teve 51% da empresa comprada pelos executivos Joaquim Monteiro, novo CEO do evento, e Julio Capua. Fundador da competição, Marcos Moraes continua como responsável pela parte técnica da prova. Durante o lançamento da edição 2019 foi apresentada também a Dream Factory, empresa de live marketing, como mais uma sócia do Sertões. Pelo oitavo ano consecutivo, a Honda segue como patrocinadora deste que é o maior rali das Américas.

Maior rali do mundo em 2022
Para os planos da nova fase do Rally dos Sertões, a nova gestão ressaltou o objetivo de realizar em 2022, ano em que o evento comemora 30 anos e que marca o bicentenário da Independência do Brasil, uma edição especial que cruzará o país do Oiapoque (AP) ao Chuí (RS). A prova promete ser o maior rali do mundo em quilometragem percorrida.

Três dimensões
Além da essência da competição, o Sertões reforça os trabalhos já promovidos dentro do evento como a parte social, com o SAS (Saúde e Alegria no Sertões), e o turismo, que ganham cada vez mais atenção. Destaque para as expedições, entre elas com a Honda CRF 1000L Africa Twin, para aqueles que querem apenas curtir o passeio.

Sertões Series
O retorno do Sertões Series, campeonato com provas de menor duração, tem a intenção de criar oportunidades e tornar viável a participação de mais competidores no rali. Neste ano serão duas etapas: a primeira com o Rally do Jalapão, de 5 a 9 de junho, e a segunda, com o Rally Rota Sul, de 6 a 9 de dezembro, nos Pampas, no Rio Grande do Sul.

A equipe Honda Racing de Rally Cross Country é patrocinada por ASW, Michelin, DID, Seguros Honda e Óleo Genuíno Honda.

Confira o roteiro completo do Rally dos Sertões 2019*:

24/8 - Sábado
Campo Grande (MS)
Manhã - Prólogo em circuito fechado de 1,5 km
18h - Super Prime - oito mais rápidos em formato mata-mata

25/8 - Domingo
1ª etapa - Campo Grande (MS) a Costa Rica (MS)
Deslocamento inicial - 20 km
Especial (Cronometrado) - 415 km
Deslocamento final - 52 km
Total do dia - 487 km

A primeira especial, considerada bem completa, terá piso que os competidores conseguirão desenvolver velocidade média alta. A prova começará seguindo um trilho de trem, trecho bem estreito, que exigirá atenção para não escorregar. Será um dia com nível técnico razoável, piso mais arenoso, mas bom para acelerar.

26/8 - Segunda-feira
2ª etapa - Costa Rica (MS) a Barra do Garças (MT)
Deslocamento inicial - 95 km
Especial (Cronometrado) - 530 km
Deslocamento final - 14 km
Total do dia - 639 km

No segundo dia, a caravana do Sertões entra no estado do Mato Grosso, com uma especial bastante longa, com trechos de serra, areia, cascalho, travessia de rios e retas, nas quais será possível alcançar uma velocidade de 180 km/h. Lombas de curva de nível caracterizarão bem os 200 primeiros quilômetros da etapa. Daí para frente o ritmo de prova mudará e terá zonas de radar nas áreas de pontes.

27/8 - Terça-feira
3ª etapa - Barra do Garças (MT) a São Miguel do Araguaia (GO)
Deslocamento inicial - 107 km
Especial (Cronometrado) - 420 km
Deslocamento final - 200 km
Total do dia - 727 km

A especial começará rápida e terá como marca principal as depressões de poças secas (DEPS), obstáculos durante a pilotagem. O trajeto, que tem como destino final o Estado de Goiás, incluirá algumas pontes, com vão central, que exigirão cuidados nas passagens e atenção na navegação. Grandes retas também estarão no caminho nesse terceiro dia de competição.

28/8 - Quarta-feira
4ª etapa - São Miguel do Araguaia (GO) a Porto Nacional (TO)
Deslocamento inicial - 70 km
Especial (Cronometrado) - 277 km
Deslocamento final - 224 km
Total do dia - 571 km

O quarto dia entrará no Tocantins e será de preparação para a etapa Maratona, na qual os competidores não poderão ter ajuda da equipe na manutenção dos veículos. Será uma especial do início ao fim bem prazerosa, com cascalho, piçarras, gostosa de acelerar e bem técnica. O percurso incluirá estradas de fazendas, algumas mais estreitas, mas sem grandes dificuldades.

29/8 - Quinta-feira
5ª etapa - Porto Nacional (TO) a São Félix do Tocantins (TO) - Maratona
Deslocamento inicial - 135 km
Especial (Cronometrado) - 300 km
Deslocamento final - 0 km
Total do dia - 435 km

A primeira parte da etapa Maratona será com um visual bem bonito do Jalapão, região marcante na história do Sertões. Porém, o desafio estará no piso de muita “quebradeira”, com erosões e pedras, mais abrasivo do que nos dias anteriores. Haverá passagens em rios, grandes retas com areia pesada e terra batida. A atenção deverá estar na mudança de cores no piso e também na hidratação.

30/8 - Sexta-feira
6ª etapa - São Félix do Tocantins (TO) a Bom Jesus (PI) – Maratona
Deslocamento inicial - 0 km
Especial (Cronometrado) - 540 km
Deslocamento final - 2 km
Total do dia - 542 km

O dia da última parte da etapa Maratona ficará marcado pela maior especial da história do Rally dos Sertões, em 27 anos. Será o trecho mais importante da edição, com muita areia, grandes retas, poucas sombras, descidas de serras, bem árido, com todos os tipos de pisos. Destaque para a paisagem durante a passagem pelos cânions de Bom Jesus, no Piauí.

31/8 - Sábado
7ª etapa - Bom Jesus (PI) a Crateús (CE)
Deslocamento inicial - 2 km
Especial (Cronometrado) - 320 km
Deslocamento final - 617 km
Total do dia - 938 km

Depois de seis dias muito intensos nas especiais, o Sertões 2019 começará a diminuir forte o ritmo nos trechos cronometrados. Porém, será a etapa mais longa da edição em quilometragem, com um deslocamento final de 617 km - um desafio extra para todos os pilotos, que terão que controlar o sono e o cansaço antes da chegada no penúltimo destino, em Crateús (CE).

1/9 - Domingo
8ª etapa - Crateús (CE) - Aquiraz (CE)
Deslocamento inicial - 372 km
Especial (Cronometrado) - 30 km
Deslocamento final - 3 km
Total do dia - 405 km

O dia iniciará com um deslocamento direto para a especial de 30 km nas dunas de Aquiraz (CE). Será um circuito de 10 km, com três voltas nas areias, uma dinâmica bem diferente das demais especiais. A largada será em linha e a chegada, no Beach Park, famoso parque aquático da região.

Total de especiais - 2.832 km
Total da prova - 4.744 km

*As informações são fornecidas pela organização do evento e estão sujeitas a alterações após a conferência final do roteiro.

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração e foto de Ângela Monteiro da Mundo Press

O Campeonato Brasileiro de Trial marcado para o dia 01 de Junho em Belo Horizonte, promete reunir os melhores pilotos do Brasil em solo Mineiro.

Desafiar a gravidade, assim podemos definir os pilotos do Moto Trial, modalidade nascida na Inglaterra no início do Século 20 tem o objetivo de transpor sessões de obstáculos sem colocar o pé no chão.

E para começar a temporada 2019 são esperados pilotos renomados como o espanhol Jordi Picola, o piloto mineiro Leonardo Martins, o paulista Walter Fernandes entre outros feras da modalidade nacional.

Para saber mais acesse o site:
http://chronusae.com.br/eventos/169
O campeonato brasileiro de Moto Trial conta com o Patrocínio da Chronus Assessoria Esportiva, E-Hangar, Fast Brothers e Moto Trial Brasil. Apoio da Belotur, Prefeitura de Belo Horizonte, Infraero, Restaurante Alpenrose. Supervisão da CBM e FMEMG.

Serviços:
Brasileiro de Trial / Carlos Prates
Data: 1 de junho de 2019
Sábado (01/06): Corrida de Trial nas dependências do Aeroporto Carlos Prates em Belo Horizonte/MG.
Entrada Gratuita pelo site: https://www.sympla.com.br/primeira-etapa-do-campeonato-brasileiro-de-mot...
Inscrição de pilotos pelo site: http://chronusae.com.br/eventos/169
Programação sujeita a alterações.

Por Leo Tavares direto da redação.

Expectativa do 13º Pro Tork Tombo na Lama é reunir mais de 2,5 mil pilotos de motos, quadris e UTVs de todo o país, com programação repleta de atrações.

Pilotos de motocicletas, quadriciclos e UTVs irão invadir a cidade de Piên a partir desta sexta-feira (17), para a realização do 13º Pro Tork Tombo na Lama – o maior encontro de trilheiros do Paraná e um dos melhores do Brasil. O evento segue até domingo (19), quando todos irão enfrentar a aguardada trilha de aproximadamente 60 quilômetros, repleta de aventuras por belas paisagens da região.

Segundo o presidente do Clube de Trilheiros Tombo na Lama, Alcindo Pereira, a expectativa é de reunir mais de 2.500 participantes, superando a marca da última edição, na qual foi registrada o número de 2.337. “Planejamos uma grande festa off road, com atrativos para os trilheiros e seus familiares, diversão garantida para todos. Esse é um dos nossos diferenciais, o que atrai tanta gente”, explica.

O evento oferece camping e estacionamento gratuitos, a pista de velocross do Motódromo Eduardo Rudnick liberada para uso, apresentações de manobras radicais das equipes Pro Tork com entrada franca, shows musicais com diversas bandas, praça de alimentação com opções para todos os gostos, brinquedos para as crianças se divertirem e muito mais.

Inscrições para trilha e benefícios

A inscrição antecipada dá direito a participar do sorteio de 10 motos 0km: duas CRF 250F, duas CRF 230F, quatro TR50F, uma TR100F e uma TR125F, além de cinco escapamentos Powercore e cinco passeios Moto Tour Canastra. Ela custa R$ 95 e pode ser feita através dos sites www.rudnickmotos.com.br, www.tombonalama.com.br e www.agendaoffroad.com.br, até às 15h desta quarta-feira.

Já quem deixar para a última hora terá direito a concorrer apenas a duas CRF230F, duas TR50F, três escapamentos Powercore e dois passeios Moto Tour Canastra. Haverá uma secretaria no local para atender os participantes, com inscrição no valor de R$ 120. Lembrando que os 2.500 primeiros garantem camisa oficial e todos têm direito a café da manhã, lanche no neutro e almoço.

Acompanhe as novidades do 13º Pro Tork Tombo na Lama através do Facebook: www.facebook.com/TomboNaLama

13º Pro Tork Tombo na Lama

Data: 17 a 19 de maio
Local: Motódromo Eduardo Rudnick – Piên (PR)
Inscrições: nos sites www.rudnickmotos.com.br, www.tombonalama.com.br e www.agendaoffroad.com.br, ou ainda nas lojas Rudnick Motos, em São Bento do Sul (SC), Loja Letki e Lisboa Motos, em Piên (PR)
Hotéis parceiros: Hotel Rudnick - (41) 3632-2106, Hotel Santo Antônio - (41) 3632-1224 e Piazito Park Hotel - (41) 3632-1212

Confira a programação*:

Sexta-feira, dia 17:
18h - Shows de manobras equipes Pro Tork
21h - Show Nacional As Morenas

Sábado, dia 18:
9h às 17h - Inscrições e entrega de kits
14h - Show Nacional Estampa de Galpão
17h30 - Shows de manobras equipes Pro Tork
21h - Início do Tribaile com Grupo Pataço, Dutra e Sarandeio do Rio Grande e Tchê Guri

Domingo, dia 19:
6h às 11h - Inscrições e entrega de kits
13h - Shows de manobras equipes Pro Tork
15h - Sorteio das 10 motos + prêmios
16h30 - Show Nacional Adriano e Marcionei

*Atrações gratuitas com exceção do Tribaile - R$ 25 o primeiro lote (até dia 15) / R$ 30 o segundo lote. Disponível em: Piên - APAE, Oficina de Motos do Jair, Loja Damas, Doce Sonho, Geração Auto Elétrica, Restaurante Pub Gril, Hotel Rudnik. São Bento do Sul: Lizara Lanches.

Patrocinadores: Pro Tork, Rudnick Motos, Pneus Borilli, Sanáutica, Can-am BRP, Honda Ecosul, Moto Tour Canastra, ASSIS Supermercados, Sonnebier, Font Life, Piazito Park Hotel, Amanco, Agenda Off Road, JHC Soluções, Britador Fragosos, Jornal O Regional, Rudnick Corretora de Seguros, Imagem Radical, Irmãos Telma Areia e Brita, Grupo Taborda, Jornal A Gazeta, Jornal O Repórter Paraná e MC Mídias Criativas.

Sobre o Tombo na Lama: O Tombo na Lama foi fundado em 2006, reunindo 58 motos em sua primeira trilha. De lá para cá, muita coisa mudou, principalmente o número de participantes. Na última edição, chegou a marca de 2.337, sendo considerado o maior do estado do Paraná. A renda dos eventos é sempre revertida para entidades filantrópicas e pessoas necessitadas do município. Atualmente, o clube conta com 29 integrantes, os quais participam de vários encontros pelo Brasil.

Por Leo Tavares com a colaboração de Daniela Burgonovo.

Equipe Honda Racing vai para a disputa com Jetro Salazar e Hector Assunção, na classe MX1, além de Lucas Dunka, Leonardo Souza e o goiano Matheus Klysman, na MX2.

O Campeonato Brasileiro de Motocross retoma as atividades a partir desta sexta-feira (17) até domingo (19), em Morrinhos (GO), no Motódromo Municipal Setor Darcy Chaves. A entrada ao público é gratuita. Depois do cancelamento da primeira etapa, em Alfenas (MG), devido às fortes chuvas, a competição terá de fato a abertura da temporada 2019 para as principais categorias, nas quais estão confirmados os pilotos da equipe Honda Racing.

Jetro Salazar, atual campeão da Elite MX (categoria que reúne os melhores da MX1 e MX2), tem boas lembranças de Morrinhos em 2018. Foi lá que o equatoriano assumiu a liderança do campeonato da categoria. “É uma pista que me dei bem e, com certeza, quero bons resultados de novo. A estratégia deste ano é vencer sempre - e não apenas estar entre os primeiros. A moto está incrível, fizemos o último teste nesta semana e vamos com tudo”, conta Salazar. O piloto utiliza a motocicleta Honda CRF 450R.

Quem está contando os dias para acelerar essa moto em terras goianas é Hector Assunção, outro representante da Honda na MX1. “O cancelamento da etapa passada deixou a gente mais ansioso, porque queríamos começar logo a temporada. Nessas últimas semanas, conseguimos treinar bastante e estamos motivados”, ressalta o paulista.

Entre os pilotos da categoria MX2, com a Honda CRF 250R, as disputas envolvem muitas expectativas. Para o catarinense Lucas Dunka, o objetivo é conseguir um bom resultado também na Elite MX. “Intensificamos os treinos e estou me sentindo ótimo com a moto. A pista de Morrinhos é bem grande, o que eu gosto muito. Acredito que com o trabalho que a gente está fazendo será possível andar junto com as 450cc”, diz Dunka.

O terreno duro pode ser um obstáculo, como lembrou Leonardo Souza. “Consegui treinar em um piso semelhante para melhorar meu desempenho na pista de Morrinhos. Será um fim de semana sensacional”, aposta o também catarinense Souza.

Piloto da casa, Matheus Klysman terá a oportunidade de fazer sua estreia no time oficial da Honda, pelo Brasileiro de Motocross, com a torcida dos amigos e família. “A galera de Goiás me incentiva muito e vai ser demais tê-los por perto. Darei meu máximo. Estou mais bem treinado, confiante e melhor fisicamente”, finaliza.

Ação especial - Antes de acelerarem na pista de 1.300 metros do Motódromo de Morrinhos, os pilotos da equipe Honda Racing participam nesta sexta-feira (17), às 13h30, de um encontro com 180 alunos da Escola Municipal Celestino Filho. Eles farão um bate-papo com as crianças e adolescentes, que poderão também tirar fotos com as feras do motocross. Depois, todos vão plantar árvores nas dependências da escola e da pista, ação que visa à redução do impacto da emissão de gás carbono.

Além do time oficial, o esquadrão vermelho tem o reforço da equipe satélite Circuit Honda, com Humberto Martin, da Venezuela, na MX1, e Reginaldo Ribeiro, o Juninho, e Rafael de Araújo, o Bubinha, na MX2.

A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada pela Circuit, Apinestars, DID, Seguros Honda e Óleo Genuíno Honda.

Campeonato Brasileiro de Motocross - 2ª etapa

Local: Motódromo Municipal Setor Darcy Chaves - Morrinhos (GO)
Entrada gratuita

Programação completa

Sexta-feira - 17/5
13h30 - Bate-papo com alunos e ação ambiental na Escola Municipal Celestino Filho, em Morrinhos

Treinos Livres
14h às 14h15 - Intermediária 2
14h20 às 14h35 - MX4 / MX5
14h40 às 14h55 - Intermediária 1
15h às 15h20 – MXJR
15h25 às 15h40 - Nacional 250 A / Nacional 230 B
15h45 às 16h - 50cc
16h05 às 16h20 - MX3
16h25 às 16h40 – MXF
16h45 às 17h - 65cc

Sábado - 18/5
Treinos Livres
8h às 8h30 - MX2 / MX2JR
8h35 às 9h05 - MX1

Treinos Classificatórios
9h10 às 9h22 - Intermediária 2 - treino de largada
9h30 às 9h45 - MX4 / MX5 - treino de largada
9h50 às 10h02 - Intermediária 1 - treino de largada
10h10 às 10h30 – MXJR
10h35 às 10h47 - Nacional 240 A / Nacional 230 B - treino de largada
10h55 às 11h10 - 50cc - treino de largada
11h15 às 11h35 - MX3
11h40 às 11h55 - MXF
12h às 12h15 - 65cc
13h15 às 13h45 - MX2 / MX2 JR
13h50 às 14h20 - MX1

Provas Oficiais
14h50 - Intermediária 2 - 15 min + 2 voltas
15h20 - MX4 / MX5 - 15 min + 2 voltas
15h50 - Intermediária 1 - 15 min + 2 voltas
16h20 - Nacional 250 A / Nacional 230 B - 15 min + 2 voltas
16h50 - 50cc - 15 min + 2 voltas
17h20 - Pódio classes: MX4, MX5, Inter. 1, Inter. 2, Nac. 250 A, Nac. 230 B, 50cc

Domingo - 19/5
Warm-Up
8h às 8h15 - MX3 - treino de largada
8h20 às 8h35 - MX2 / MX2JR - treino de largada
8h40 às 9h - MX1 - treino de largada
9h05 às 9h20 - 65cc - treino de largada
9h25 às 9h40 - MXF - treino de largada
9h45 às 10h - MXJR - treino de largada

Provas Oficiais
10h20 - MX3 - 20 min. + 2 voltas
10h55 - 65cc - 15 min. + 2 voltas
11h40 - Pódio classes MX3 e 65cc
12h20 - MX2 / MX2 JR - 30 min. + 2 voltas
13h20 - MX1 - 30 min. + 2 voltas
14h10 - MXJR - 20 min. + 2 voltas
14h50 - MXF - 15 min. + 2 voltas
15h15 - Pódio das classes MX2 JR, MX JR e MXF
15h45 - Elite MX, MX1 e MX2 - 30 min. + 2 voltas
16h30 - Pódio das classes Elite MX, MX1 e MX2

*A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Angela Monteiro e foto de Idário Café.

Deslocar de moto off road pelas ruas da cidade até a trilha, sem infringir a lei, sempre foi um desejo dos praticantes na região da Grande BH.

Em busca de uma solução para esta ação, na última quarta feira, dia 08 de Maio, em Brasília, Gustavo Jacob, da FMEMG, Harley Andrade, da Equipe Cavucando e o Deputado Federal Diego Andrade, se reuniram com o Comando do DENATRAN para propor soluções para a regulamentação da prática do off road no país.

“ Na oportunidade Ficamos de levar uma proposta concreta para isso e vamos fazê-lo! Obrigado ao Comandante Harley e ao Deputado Diego! Vamos juntos nessa luta!”, comentou Gustavo Jacob.

Agora é aguardar os próximos passos e o praticante do off road se associar às entidades representativas, na busca de união e força em prol do esporte que tanto gostamos.

Por Leo Tavares, direto da redação, com a colaboração de Gustavo Jacob.

Neste fim de semana, dias 11 e 12, o Motódromo Marronzinho, em São José (SC), foi palco da segunda etapa do Campeonato Catarinense de Motocross 2019. Realizada em uma pista bem técnica, com cerca de 1.700 metros de extensão e grande variedade de obstáculos, a prova foi um excelente teste para os competidores.

Fazendo sua temporada de estreia na categoria Júnior, Rafael Becker já mostra ser um dos pilotos mais rápidos da classe com sua KTM 85 SX. Após liderar boa parte da corrida, o piloto da equipe KTM Sacramento completou a bateria na segunda posição.

"Foi uma prova muito boa. Larguei na frente, depois cometi um erro e cansei um pouco. No final estava perto do líder me poupando para atacar, mas não deu, o tempo da corrida foi um pouco reduzido por causa de um ajuste na programação. Acho que estou bem preparado e farei uma ótima estreia no Brasileiro", destacou Rafinha que assumiu a vice-liderança do campeonato estadual.

O próximo desafio do garoto de apenas 12 anos será a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross já no próximo fim de semana, dias 18 e 19, em Morrinhos (GO). Como na primeira etapa a chuva impediu a realização da categoria Júnior, esta será a corrida de estreia do piloto catarinense pela classe no circuito nacional.

Rafinha Becker conta com patrocínio da KTM Sacramento.

Resultado da segunda etapa do Campeonato Catarinense de Motocross 2019:

Categoria Júnior
1. Gabriel Vinicius Mielke
2. Rafael Becker - KTM Sacramento
3. Raul Miranda
4. Vitor Hugo Borba
5. Ivo Konell

Classificação geral do Campeonato Catarinense de Motocross 2019 após duas etapas:

Categoria Júnior
1. Gabriel Vinicius Mielke, 50 pontos
2. Rafael Becker, 38 pontos - KTM Sacramento
3. Raul Miranda, 38 pontos
4. Vitor Hugo Borba, 38 pontos
5. Ivo Konell, 38 pontos

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração da Publix e foto de Anderson Wolff / Racecross.

O Rally dos Sertões, maior evento off road do Brasil e maior Rally das Américas, fará amanhã em São Paulo seu evento anual de divulgação do roteiro inédito de 2019 e uma série de novidades.

O Sertões está evoluindo, atraindo novos sócios que pretendem transformá-lo no maior evento Brasileiro, no nosso “tour de France”.

O evento será às 19:00 no Jockey de SP e terá transmissão ao vivo a partir de 19:30 no linjk: http://sertoes.com/live/

Participe e fique por dentro das novidades.

Por Leo Tavares direto da redação.

O By Moto Enduro dos Ipês 2019 promete reunir os melhores pilotos do Regularidade nacional no Sul de Minas neste fim de semana dias 17, 18 e 19 de maio em Lavras, prova válida pelo Copa Brasil, Campeonato Mineiro e Copa Sul Mineira de Regularidade.

A cidade mineira de Lavras na região sul do estado será palco novamente de mais uma grande aventura, o tradicional Enduro dos Ipês que promete uma prova ímpar aos aventureiros das duas road off road. Serão dois dias de muitas trilhas entre as montanhas da região, passando por trechos de mata fechada, raízes, pedras e mais pedras, testando habilidade e resistências de pilotos e motos.

E com um percurso muito bem escolhido, serão rodados mais de 250 quilômetros em dois dias de muita adrenalina pelas trilhas da região de Lavras e Itumirim, comentou Lúcio Ribeiro, organizador da prova. “Quem vier participar do Enduro dos Ipês sairá daqui com um gostinho de quero mais e servirá de uma prévia para quem participar do Enduro da Independência deste ano” concluiu Ribeiro.

Ainda restam pouquíssimas vagas para participar, confira abaixo a programação:

Inscrição de prova: http://www.ipesoffroad.com.br/

Sexta-Feira: 17/05
17:00hs - Lavras Shopping.
Abertura da Secretaria de Prova.

Sábado: 18/05
07:00hs - Abertura da secretaria de prova
08:00hs - Largada no Lavras Shopping.
10:30hs - Neutro no Bar do Dani em Itumirim.
15:00hs - Chegada no Posto Avenida em Lavras.

Domingo: 19/05
07:00hs - Largada do Posto Avenida em Lavras.
09:00hs - Neutro no Posto Avenida em Lavras.
12:00hs - Chegada Lavras Shopping.

O Enduro dos Ipês 2019 conta com o patrocínio e apoio da da By Motos, Rinaldi Pneus, Menta Motos, Moto Point Service Racing, ASW Racing, BMP Especial Parts, Slin Graphics, Totem, Fotop, Lavras Apart Hotel, Notinis Pizzaria & Restaurante, Posto Avenida, Lavras Shopping, Prefeitura de Lavras, Prefeitura de Itumirim e Polícia Militar de Minas Gerais e conta com a supervisão da FMEMG e faz parte da Copa Brasil, Campeonato Mineiro e Copa Sul Mineira de Regularidade.

Por Leo Tavares direto da redação.

Confiante com a sua evolução e na de sua moto, o piloto espanhol consegue um bom desempenho na terceira etapa do mundial de MotoGP, conquistando o terceiro lugar.

O primeiro pódio da temporada 2019 teve uma sabor especial para Marverick Viñales. O piloto da Yamaha pôde comemorar seu bom desempenho terra natal, no Circuito de Jerez, na Espanha.

Viñales teve um bom começo de prova, largando em quinto lugar e subindo para o quarto já na primeira curva.

A 15 voltas do final, os dois pilotos da Petronas Yamaha SRT à sua frente começaram a lutar entre si. Viñales, da Equipe Oficial da Yamaha, aproveitou a oportunidade para tirar a diferença o separava da dupla, mas logo em seguida, se envolveu numa luta pelo quarto lugar com Álex Rins, que assumiu a posição.

Três voltas depois, ele ganhou uma posição em função de um problema técnico enfrentado por Fabio Quartararo.

Viñales ultrapassou Franco Morbidelli à 10 voltas do fim da prova, e seguiu num forte ritmo. Nas voltas finais, o piloto da Yamaha sofreu uma forte pressão de Andrea Dovizioso, mas se defendeu com maestria, terminando a corrida em terceiro lugar, a 2.443s do primeiro.

Apesar de um começo nada animador, largando em 13º lugar, Valentino Rossi mais uma vez provou estar competitivo.

Já na primeira volta, ele conquistou duas posições, e pouco depois, mais uma.

Depois que o Quartararo sofreu um problema mecânico, o italiano passou a maior parte da corrida em nono lugar, até que nas últimas oito voltas, aumentou seu ritmo e conquistou mais três posições.

A cinco voltas do final, Rossi era o sexto-lugar, e o espaço que o separava do quinto-lugar era maior que 2 segundos. O “The Doctor” tentou ao máximo chegar ao pelotão a sua frente, mas não conseguiu. Ele cruzou a linha em sexto lugar, a 7,547s do primeiro, garantindo assim mais dez importantes pontos no campeonato.

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração e foto da Yamaha do Brasil.

Minas Gerais considerada como umas das regiões mais propícias para prática do motociclismo fora de estrada receberá entre os dias 1 e 2 de junho de 2019 os melhores pilotos de Trial, Hard e Super Enduro.

O Brasileiro de Hard Enduro começou o ano acelerando pelo sul do Brasil desta vez Minas Gerais receberá os competidores da capital Mineira em uma prova inusitada com o prólogo realizado nas dependências do Aeroporto Carlos Prates.

No local, será montado uma incrível pista com obstáculos onde testará habilidade dos pilotos e servirá de palco para a abertura do Brasileiro de Super Enduro. Além disso no mesmo espaço, será realizada a 1ª etapa do Brasileiro de Trial e contará com a presença de renomado piloto, Jordi Picola (Piloto Espanhol) uma fera do Trial Mundial.

Já no domingo, o palco do segundo dia do Brasileiro de Hard Enduro será entre as montanhas da região da cidade de Caeté, largando do tradicional restaurante Alpenrose. Pelo caminho muitas pedras, minério de ferro, raízes, servirão de obstáculos para testar ao máximo os pilotos e suas motos.

O responsável pela escolha dos caminhos será o experiente piloto de Hard Enduro, Gianino Coscarelli, track manager e profundo conhecedor das trilhas da região.

Para saber mais acesse o site:
http://chronusae.com.br/eventos/169

Fotos: Leo Tavares/CF

Serviços:
Brasileiro de Trial, Hard e Super Enduro / Carlos Prates
Data: 1 e 2 de junho de 2019
Sábado (01/06): Prologo e corrida de Trial, Hard e Super Enduro nas dependências do Aeroporto Carlos Prates em Belo Horizonte/MG.
Entrada Gratuita/ Necessário retirar o convite no Sympla: https://www.sympla.com.br/primeira-etapa-do-campeonato-bras…
Domingo (02/06): Concentração, largada e chegada no Restaurante Alpenrose em Sabará/MG.
Link para chegar no Alpenrose: https://goo.gl/maps/G4fRAb7dLo4qFQzj7
Inscrição: http://chronusae.com.br/eventos/169

Por Leo Tavares direto da redação.