Está aberta a contagem regressiva para o início do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM. E, pelas novidades apresentadas, a temporada 2019 tem tudo para ser uma das melhores de todos os tempos. A etapa de abertura está marcada para este final de semana (16 a 17 de março) em Itapema, Santa Catarina, com entrada franca. O público já poderá ver os pilotos em ação às 20h desta sexta-feira (15), na Praça da Paz, com o Super Prime inédito. 

A chegada de novos patrocinadores, a Honda e a IMS, traz ainda mais força ao campeonato, que segue com a Yamaha como parceira. As equipes também não ficaram paradas e investiram na presença de grandes pilotos brasileiros e internacionais. Ou seja, estão garantidas muitas emoções na briga pelos títulos de 12 categorias (E1, E2, E3, EJ, E4 Pro, E4 230, E35, E40, E45, E50, EF e EA), além da Enduro GP, que reúne os mais rápidos da competição. 

“O Brasileiro de Enduro FIM vem crescendo de forma consistente”, afirmou Maurício Brandão, organizador do campeonato e diretor da modalidade na Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). “Essa evolução é fruto de muito trabalho e dedicação, em parceria com os organizadores locais, sempre empenhados em cada prova. Em 2019, renovamos com a maioria dos nossos parceiros e ainda trouxemos novos patrocinadores. É incrível ver as duas maiores montadoras do país, Honda e Yamaha, acreditando e investindo na modalidade por meio de patrocínios e de equipes oficiais”, continuou. 

Na abertura, o Super Prime será um show à parte para os fãs das duas rodas, com um circuito formado por obstáculos artificiais em pleno centro da cidade catarinense. Já as disputas deste sábado e domingo terão como base a sede do Itapema Off-Road. 

“A organização local está a cargo do Itapema Off Road, o pessoal mostrou empenho máximo para fazer uma bela prova. O Super Prime na sexta à noite é inédito no Brasil e já começa a contar para o resultado da prova. Vai ser muito importante para o público estar ainda mais perto dos pilotos e das disputas do campeonato”, disse Brandão.

A primeira etapa do Brasileiro de Enduro FIM traz um circuito de 42 quilômetros, com três especiais (trechos cronometrados). Os pilotos completarão três voltas no circuito, tanto no sábado quando no domingo, para definir os campeões da abertura.

Pilotos e equipes - Os bastidores do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019 estão fervendo. A Honda Racing fez o primeiro movimento ao contratar o atual campeão brasileiro das categorias E1 e Enduro GP, o capixaba Bruno Crivilin. Gabriel Soares (E2) e Nicolás Rodriguez (E3) foram mantidos na equipe. 

Na Yamaha O2BH chega um reforço internacional: o francês Romain Dumontier, campeão mundial na categoria Youth em 2009 e campeão do Six Days na categoria Junior em 2011. Ele disputará a classe E2 e terá como companheiros os pilotos campeões brasileiros de 2018, Patrik Capila (EJ) e Rômulo Bottrel (que migrou da E3 para a E1).

Quem também contará com um piloto estrangeiro é a Orange BH KTM Racing. A equipe terá entre seus integrantes o argentino Crispy Arriegada (E3), que disputou o Campeonato Mundial em 2018 (7º na E3) e o Italiano da modalidade (4º colocado). Outra novidade do time laranja é o multicampeão de motocross Thales Vilardi, que fará sua estreia na modalidade, disputando a categoria E1.

A Power Husky contará em 2019 com cinco pilotos: Nielsen Bueno, Gustavo Pellin, Diego Colett, Maurício Fernandes e Cassiano Tebaldi. A KTM Sacramento terá o retorno do paulista Vinicius Calafati (E3), que foi o campeão brasileiro de 2018 na categoria E2 e vice na Enduro GP. Ele terá como companheiro de equipe o catarinense Felipe Legarrea e o paranaense Loandro Anton, o Lolo.

A Edgers Racing fará a temporada com os pilotos Júlio Ferreira, Willians Dalmonech “Tanaka” e Reinaldo Almeida defendendo suas cores. A MXF promoveu o retorno do mineiro Vitor Borges ao Campeonato Brasileiro, ao lado de Anderson da Luz, Pelmio Carvalho e Roberto Theodoro. O campeonato ainda terá a presença das equipes Q4 Enduro Team, Equipe Sócramento, Bellaver Sports e DNA Moto Litoral, entre outras. 

“As expectativas para o campeonato são muito boas, ainda mais com a presença de pilotos de destaque internacional, o que sempre ajuda a melhorar o nível da disputa. Mas não podemos esquecer da grande evolução dos pilotos brasileiros durante todos esses anos. Acredito que os brasileiros não deixarão as coisas fáceis para essa turma, e com isso quem ganha é o campeonato. O ano promete ótimas disputas”, concluiu Maurício.

Mulheres em ação – O Campeonato Brasileiro para a categoria EF, exclusiva para mulheres, está mantido e terá três etapas em 2019. Itapema/SC, Marzagão/GO e Patrocínio/MG são as provas onde as garotas terão que acelerar forte para garantir o título da temporada. 

A Honda Racing anunciou a contratação da goiana Bárbara Neves, a primeira mulher no time oficial da equipe vermelha, que entra na briga de olho no bicampeonato. Atual campeã, a gaúcha Maiara Basso (equipe KTM Sacramento) estará no grid, bem como as competidoras Tainá Aguiar e Beatriz Miozzo.

Categorias de base – Dentre as novidades apresentadas em 2019 pelo Brasileiro de Enduro FIM, está a criação do Campeonato Kids. Serão quatro categorias direcionadas aos novos talentos do esporte: Infantil (até oito anos), Cadete (de nove a 12 anos), Juvenil (de 13 a 15 anos) e Youth (de 16 a 18 anos).

Várias equipes se mobilizaram e apresentaram pilotos para a participação nas categorias de base. A DNA/Moto Litoral estará presente com o capixaba Danilo Sfalsim, A equipe paulista Enduro MX terá a presença de Leonardo Kauffmann, Bruno Massa e Vinicius Aguilar. Quem também está acreditando e investindo no campeonato é o capixaba Bruno Crivilin, que criou a equipe BC 11 Forte Racing, com três conterrâneos na disputa da temporada - os irmãos Estevão e Frederico Mediote Rangel, junto com Theo Cravo. 

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM

1ª etapa - Itapema (SC)

Programação* 
15/3 (sexta-feira)
Das 16h às 19h -Secretaria de Prova no Hotel Solis
17h30 - Briefing no Hotel Solis
19h - Happy hour MXF na Praça da Paz
20h - Super Prime na Praça da Paz

16/3 (sábado)
Base do evento: Itapema Off-Road
Das 7h às 8h30 - Vistorias Técnicas / Condução das motos ao Parque Fechado (Enduro GP) 
Das 8h às 9h50 - Vistorias Técnicas / Condução das motos ao Parque Fechado (demais categorias) 
8h - Início da prova das categorias Kids
10h - Largada dos dois primeiros pilotos 
16h - Chegada / Pré-Finish no Paddock
16h20 - Condução das motos ao Parque Fechado
17h - Happy hour IMS
20h - Divulgação dos resultados oficiais do dia no Restaurante Cabral

17/3 (domingo)
8h - Início da prova das categorias Kids
9h - Largada dos dois primeiros pilotos 
15h - Chegada / Condução das motos ao Parque Fechado 
17h - Divulgação dos resultados oficiais do dia na sede do Itapema Off Road.

* A programação está sujeita a alterações. 

O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM 2019 é patrocinado por Yamaha, Honda e IMS e tem apoio de MXF, Parts 57, Fotop, Motul, Jeri Adventure Ride, Husqvarna, Power Husky, BMP, Airoh, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, BMS Racing, KTM Sacramento, Race Tech, Motorex, Sig Visual, Borilli.

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração da Mundo Press e foto de Janjão Santiago

Os pilotos Rodrigo Luppi, 42 anos, (Vinhedo/SP) e Edu Piano, 49 anos, (Tatuí/SP) seguem competindo nos UTVs no Campeonato Brasileiro de Rally Baja e de Rally Cross Country, além do Rally dos Sertões. Confirmados também para essa temporada de Rally Baja os pilotos da nova geração, Bruno Luppi, 14 anos, e Nathan Domingues, 16 anos, respectivamente filhos de Luppi e Piano, que estrearam com pódio (categoria Double) em dezembro passado, no Rally dos Amigos. Neste fim de semana, 16 e 17, a equipe Território Motorsport estará representada no Rally Minas Brasil (Pato de Minas/MG) por Luppi, Piano e Bruno, que contará com a navegação de Fausto Dallape (Atibaia/SP).

“Ano passado foi uma temporada de muito aprendizado e resultados positivos, pois retornei aos ralis após 14 anos e com muita sede de acelerar. Além das etapas do Brasileiro de Rally Baja, fiz com o Fausto (Dallape) provas sensacionais como RN 1500, Baja Jalapão e o Rally dos Sertões que nos deram muita bagagem para encarar mais essa temporada”, afirma o piloto Luppi. "Estou pronto para o Rally Minas Brasil e que comece a temporada!", completa.

Da ala jovem da equipe surgiu aquela herança de pai para filho da paixão por velocidade e off-road. Sim, Bruno e Nathan também foram picados pelo “bichinho do rali”, tanto que fizeram alguns treinos em Tatuí e estão se preparando para novas provas em 2019. “Como ainda só posso correr nas provas de Baja, a ideia é fazer o maior número de etapas, completar todas e ir ganhando experiência para minha evolução como piloto”, explica Bruno, que está ansioso para começar a competir, pois durante o ano passado acompanhou o pai em várias provas e para ir se acostumando com os bastidores do rali.

Já Nathan, não poderá estar na prova de abertura da temporada, neste fim de semana, pois como está em um ano pré-vestibular está focado nos estudos. “Adorei fazer o Rally dos Amigos e a sensação de subir ao pódio é muito legal. A intenção é participar de mais provas esse ano até com maior dificuldade de percurso. Mas como estou no último ano e vou prestar vestibular, minhas prioridades, agora, são outras. Mas quem sabe futuramente me aprofunde na carreia de piloto, hoje não posso dizer nada ainda”, destaca o filho do multicampeão dos ralis, que desde criança se acostumou a receber o pai na chegada do Rally dos Sertões, prova da qual Piano foi campeão oito vezes é o piloto recordista de títulos da competição.

Equipe campeã- Com sede em Tatuí (SP), a Território Motorsport é uma das equipes mais tradicionais no grid e completou 20 anos em 2019. Chefiada por Edu Piano, durante 12 temporadas (até 2014) a equipe representou a Ford Racing Trucks/ Território Motorsport e conquistou oito títulos no Caminhões. E também, entre 2011 e 2014, como a Troller Racing/Território Motorsport sagrou-se bicampeã da prova na Production T2. E deste 2016 o time passou a desenvolver e locar UTVs para competição. Em 2018, o paulista Edu Piano e o cearense Solon Mendes foram Campeões do Rally dos Sertões nos UTVs (Over 45) o que lhes garantiu o primeiro título na categoria e o sétimo título da dupla.

Acompanhe a equipe no site e nas redes sociais:
Site: www.territoriomotorsport.com.br
Facebook: @territoriomotorsport
Instagram: @territoriomotorsport
Twitter @territorio4x4

Por Leo Tavares com a colaboração da MSuzuki Comunicação e foto de Luciano Santos/DFotos

O Campeonato Brasileiro de Enduro tem se fortalecido e revelado grandes talentos nos últimos anos, mas a temporada 2019, que começa oficialmente a partir das 20h, na próxima sexta-feira (15) em Itapema-SC (confira a programação completa no final), terá a presença inédita de um piloto com título de Campeão Mundial na carreira, durante todo o Campeonato. Trata-se de Romain Dumontier, 30 anos, que integra a equipe Yamaha O2BH Racing.

Ele compete na categoria E2 a bordo da YZ 250X, uma motocicleta 2 tempos da Yamaha, modelo em que Dumontier é considerado especialista, por ter utilizado esse equipamento na maioria das vezes em que disputou o mundial. Terá ao seu lado os atuais campeões do ano passado como companheiros de equipe, Rômulo Bottrel (categoria E1) com uma Yamaha YZ 250F e Patrik Capila (EJ) que pilota uma YZ 450FX. O francês compete há 11 anos no Mundial e, entre seus principais títulos, além do Mundial em 2009, foi também foi Campeão Europeu (2009) e consagrou-se Campeão do ISDE (Internacional Six Days Enduro) na categoria Junior em 2011.

“Eu espero o melhor nesta temporada, darei o máximo, estou animado, fui muito bem recebido pela equipe e tentarei ficar entre os primeiros”, disse Dumontier, que já está a caminho de Itapema-SC. A presença do piloto estrangeiro ajuda desenvolver o esporte no país, é o que argumenta Carlos Augusto Constantino, responsável pela equipe. “Hoje o Grupo Orange apoia mais de 20 atletas brasileiros e é necessário o intercâmbio, pois é fundamental para elevar o nível do esporte no Brasil”, disse Guto.

A Yamaha O2BH Racing também vai estrear novos uniformes durante a competição. A nova linha ASW, fornecedora oficial das calças, camisas e luvas; foi muito elogiada pelos pilotos devido à qualidade, conforto e resistência. O time também utilizará os Pneus Kenda, Lubrificantes Motul, Capacetes Airoh, Guidão Pro Taper, Botas Gaerne, Coroas Durag, Correntes DID, Protetores de Mão e Guidão Circuit, Suspensões W-Tech, Braces MR Pro, Escapamentos Foco e Gráficos Alex Design. Os pilotos da equipe transportam seus equipamentos pessoais nas famosas Malas Ogio e utilizam Suprimentos Exceed para reposição de energia.  

Ao todo, serão 7 etapas duplas durante o ano. A prova inaugural da temporada será marcada pela variedade de terrenos durante a competição. Estão previstos cross teste, especiais com muita pedra e trechos escorregadios e úmidos dentro da Serra do Mar. A largada promocional será à noite, na sexta-feira, somente destinada aos pilotos da categoria Enduro GP.  No sábado, as competições vão das 10 às 16h e no domingo de 9 às 15h, com concentração na Praça da Paz. Confira a programação completa:  

15 de Março (Sexta- Feira)  
16:00 as 19:00 – Secretaria de Prova – Hotel Solis;
17:30 – Briefing da Prova no Salão de Convenções a Hotel Solis;
19:00 – Happy Houar MXF – Praça da Paz
20:00 – Super Prime

16 de Março (Sábado)
07:00 às 08:30 – Vistoria Técnica e Guardar Motos no Parque Fechado ENDURO GP
08:00 às 09:50 – Vistoria Técnica e Guardar Motos no Parque Fechado DEMAIS CATEGORIAS;
08:00 – Inicio da Prova das categorias INFANTIS;
10:00 – Largada dos dois primeiros pilotos;
16:00 – Pre-Finish – Paddock;
16:20 – Parque Fechado;
17:00 – Hapy Houar IMS;
20:00 – Divulgação dos resultados oficiais do dia no Restaurante Cabral;

17 de Março (Domingo)  
08:00 – Inicio da Prova das categorias INFANTIS;
09:00 – Largada dos dois primeiros pilotos;
15:00 – Parque Fechado;
17:00 – Divulgação dos resultados oficiais do dia na sede Itapema Off Road.

por Leo Tavares com a colaboração do Grupo Orange e foto de Janjão Santiago.

O 2º Rally Minas Brasil está prestes a montar acampamento na cidade de Patos de Minas (MG) e atrairá para a região mais de 500 pessoas entre competidores, equipes de apoio, staff e familiares. A competição é responsável pela abertura dos campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country (CBA), Brasileiro de Rally Baja (CBM) e Mineiro de Rally, e será realizada entre os dias 15 e 17 de março. 

Porém, mais do que uma disputa de rali, o evento também tem o cunho social. Nesta ocasião, o CEO da Rallymakers, Fernando Bentivoglio, visitou a APAE de Presidente Olegário e conheceu a grandiosidade deste trabalho e a responsabilidade que envolve os mantenedores da instituição. “São 85 educandos matriculados na área da educação, cerca de 30 usuários e suas famílias nos serviços prestados na assistência social e aproximadamente 350 pessoas da comunidade em atendimentos na área da saúde. Mensalmente, são atendidas mais de 450 pessoas de Presidente Olegário e regiões vizinhas”, contou um pouco do que viu, Bentivoglio. 

De acordo com a Presidente da APAE de Presidente Olegário, Marta Bazan, o perfil do público assistido são pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla, de recém-nascido até a terceira idade, provenientes de famílias extremamente carentes e algumas em total situação de vulnerabilidade. “Também realizamos atendimentos à comunidade que não possuem deficiências nos setores de fisioterapia e fonoaudiologia”, contou Marta. 

Como se trata de uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, é de suma importância a colaboração de parceiros que confiam e entendam a importância do trabalho realizado na prestação dos serviços oferecidos, bem como no impacto social que a execução dos mesmos proporciona na vida das famílias e usuários atendidos. 

Por meio de parcerias com o poder público municipal, a APAE recebe alimentos e insumos de limpeza, porém, nem sempre é suficiente. “Temos uma média de gasto mensal com esses itens de R$ 1.000,00”, apontou Marta. “Para todos os assistidos que necessitam, disponibilizamos de transporte gratuito no trajeto casa – escola APAE e vice-versa, e temos um custo em torno de R$ 2.500,00/mês em combustível”, detalhou. 

A APAE de Presidente Olegário está sempre focada em melhorar a qualidade de vida dos cadeirantes da instituição e, para tanto, almeja a aquisição de oito cadeiras de rodas adaptadas. Segundo Marta, as cadeiras disponíveis hoje estão velhas, sucateadas e sem nenhuma adaptação. “Para essa aquisição, estimamos um valor de R$ 29.000,00, além de outras benfeitorias na estrutura do prédio”, pontuou. 

Com a chegada do Rally Minas Brasil à cidade, a presidente da APAE de Presidente Olegário disse ter a certeza de que o evento levará boas energias e transformará a região positivamente no aspecto econômico e turístico. “Também despertou em nós a esperança de sermos contemplados por uma ação social dos competidores e organização da prova. Estamos de portas abertas a todos que desejarem conhecer a nossa realidade”, encerrou Marta. 

Serviço

Para doações a APAE de Presidente Olegário

Endereço: Rua Guilhermina Moreira, 1543 – Bairro Planalto – Presidente Olegário/MG

 

Banco do Brasil

Agência: 1333-1

Conta Corrente: 1060-X

APAE de Presidente Olegário

CNPJ: 01.517.298/0001-74

O 2º Rally Minas Brasil é uma realização da Rallymakers, com apoio da Prefeitura Municipal de Patos de Minas e Prefeitura Municipal de Presidente Olegário

Supervisão: CBM, CBA, FMEMG, FMA e RCMG

Por Leo Tavares coma colaboração e fotos da Liberdade de Ideias.

Em 2019 a região Sul do Brasil ganha mais uma importante competição de velocidade e adrenalina sobre motos. Depois de alguns anos de expectativa, o Campeonato Metropolitano de Velocross surge no Paraná com a promessa de reunir pilotos experientes e aspirantes para grandes disputas em rápidos circuitos de terra. A abertura ocorre no próximo domingo, dia 17 de março, em Campina Grande do Sul, município a 30 quilômetros de Curitiba.

Os atletas estarão divididos em 18 categorias: Minimotos, 65cc, VX Junior, 200cc, Intermediária Nacional Livre, Intermediária Nacional 230cc, Intermediária Especial, Estreantes Nacional, Estreantes Especial, VX3 Nacional, VX3 Especial, VX4 Nacional, VX4 Especial, VX45 Nacional, VX45 Especial, 230cc Pró, Força Livre Nacional e VX Pró. A cada etapa serão distribuídos mais de R$ 4.500,00 em premiação, reconhecendo o desempenho dos melhores de cada classe com prêmios em dinheiro e troféus.

Quem está a frente da organização é a empresa DezOito Promoções e Eventos. "Há um bom tempo os pilotos pediam por algo novo, mais desafiador, com características diferentes das corridas que já existiam aqui na região. Então, aceitamos o desafio, encontramos boas pistas, fechamos parcerias importantes e iniciamos o campeonato. Nossa expectativa é ótima", revela o organizador Leonardo Rosa.

A primeira temporada do Campeonato Metropolitano de Velocross deve reunir mais de 200 pilotos em cada etapa. Depois da prova em Campina Grande do Sul, no tradicional circuito do Recanto dos Tropeiros, o evento segue até Itaperuçu no dia 4 de abril para realizar seu segundo round, na Chácara Cavali. As próximas datas serão divulgadas em breve.

Serviço: Campeonato Metropolitano de Velocross

Etapa: 1
Quando: Domingo, dia 17 de março, a partir das 9h
Onde: Recanto dos Tropeiros - Campina Grande do Sul (PR)
Inscrições: R$ 70, no local
Entrada: R$ 10
Informações: (41) 9926-5998 – Leo Rosa

O Campeonato Metropolitano de Velocross é organizado pela DezOito Promoções e Eventos, com supervisão da FPRM - Federação Paranaense de Motociclismo. O evento tem apoio da ADMX Motocross, Dual Tendas, 5inco Factory e Giovanella Ambulâncias.

Por Leo Tavares com a colaboração e fot da ID – Assessoria de Comunicação Estratégica

Para os apaixonados pelo Rally Baja, faltam poucos dias para encarar mais uma temporada de muita velocidade e adrenalina. A 2º Etapa do Rally Minas Brasil promete uma corrida prá lá de emocionante na cidade mineira de Patos de Minas, situada no Triângulo Mineiro.

 

São esperados os melhores competidores de motos, UTVs, ATVs do país na terra do milho, como é conhecido a cidade. Conforme a organização do Rally Maker, o trajeto contará com um percurso com cerca de 300 km de especiais (em dois dias), com trechos que apresentaram areia, trial e terra batida!

E aí, está esperando o que para correr em uma das mais emocionantes prova do ano?

Para facilitar sua vida, segue o link para você fazer sua inscrição  www.rallymakers.com.br e boa prova!

Por Leo Tavares direto da redação.

 

Os principais pilotos da equipe de enduro Orange BH KTM Racing foram revelados nesta sexta-feira (8), na sede do Grupo Orange em Belo Horizonte. O argentino Crispy Arriegada e o brasileiro Thales Vilardi. Eles vão defender a esquadra laranja no  Campeonato Brasileiro de Enduro, que começa nos próximos dias 15, 16 e 17 de março, em Itapema/SC. 

Cristian Arriegada, 27 anos, Crispy como é conhecido nasceu em San Carlos del Bariloche, Patagônia Argentina. Ano passado disputou o Mundial de Enduro, sendo sétimo colocado na categoria E3 e quarto colocado no Campeonato Italiano na categoria Absolutti Estrangeiros. 

Acumula títulos de Campeão Argentino e Chileno de Enduro, possui grande experiência e resultados expressivos em provas internacionais de Enduro, Super Enduro e até Motocross. 

"Vamos competir todo o campeonato e as expectativas são muito boas, estamos adaptando a moto, vou com uma KTM 500 EXC-F, modelo 2019. Será a primeira vez com esse modelo, eu gosto muito dos tipos de terreno aqui no Brasil, fui muito bem recebido pela equipe. Gosto dessa filosofia de treinar e trabalhar todo o time  junto, isso é muito bom. Estamos treinando duro e espero obter os melhores resultados na minha carreira aqui", disse o argentino. 

Já Thales Vilardi é natural de São Paulo, possui 28 anos e já foi duas vezes Campeão Brasileiro de Motocross, vice-campeão do Arena Cross, terceiro colocado no Latino Americano de Motocross e por duas vezes foi integrante da seleção brasileira no Motocross das Nações. 

O paulistano também possui dezenas de títulos estaduais de Motocross em São Paulo e no Espírito Santo. Ele irá conciliar pela primeira vez uma temporada nas duas modalidades. 

"Vai ser um ano corrido, estou desde dezembro me preparando para o Motocross e recebi o convite para correr o Brasileiro de Enduro. Aceitei o desafio, vou fazer o máximo para conciliar as duas modalidades, estou ansioso para saber como será o meu desempenho. O enduro ainda é muito novo para mim, comecei a treinar no último domingo e nunca participei de uma prova. Então o objetivo é aprender e evoluir a cada treino, a cada prova", disse Thales, que vai competir com uma KTM 250 EXC-F. 

Ao todo serão sete eventos e 14 etapas, sendo realizadas duas em cada cidade sede (confira o calendário abaixo). Entre as novidades esse ano, o Campeonato insere a categoria Kids e a Feminina, que estarão presentes em três das sete etapas. 

A Equipe Orange BH KTM Racing terá os pneus Kenda, equipamentos ASW e capacetes Airoh como patrocinadores principais e como fornecedores oficiais a W-Tech, Durag, Circuit, Motul, TCX, MrPró, Exceed e Alex Design. 

Calendário do Brasileiro de Enduro 2019

17/março - Itapema-SC
7/abril - Nova Bréscia-RS
26/maio - Campos Jordão-SP
9/junho - Aracruz-ES
30/junho - Marzagão-GO
28/julho - Paraopeba-MG
15/setembro - Patrocínio-MG

Por Leo Tavares com a colaboração da Orange BH.

O 2º Rally Minas Brasil já ultrapassou a marca de 95 inscritos, divididos entre as categorias Motos, Quadriciclos, UTVs e Carros. A competição será realizada nos dias 15 a 17 de março, na cidade de Patos de Minas, e é responsável pela abertura dos campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country (CBA), Brasileiro de Rally Baja (CBM) e Mineiro de Rally. A concentração será no Centro de Convenções e Eventos UNIPAM (localizado na BR MGT-354 PMS020 - Alto Marabá). 

Pilotos e navegadores de 11 Estados acelerarão por um percurso de aproximadamente 400 quilômetros, sendo 300 quilômetros de trechos cronometrados (divididos em dois dias). A prova também passará pelo município de Presidente Olegário (MG), percorrendo as regiões de Tiririca, do Facão, da Bananeira, do Pé do Morro, do Cruzeiro da Prata, de Boa Vista, do Piçarrão, de Vargem Grande e da Lobeira. 

O piloto Paulo Roberto de Goes, de Joinville (SC), foi o primeiro competidor a garantir um lugar no grid. Assim que as inscrições foram abertas (em janeiro), ele mais do que depressa já carimbou o seu passaporte e disputará o pódio pela categoria Pro Brasil - Carros. Apesar de estar em final de tratamento na mão direita após um acidente no Rally dos Sertões, o catarinense está confiante para este início de temporada. “Ainda não estou 100% e precisarei tomar muito cuidado, sobretudo durante as passagens por lombas. Mas, é preciso ter planejamento e pontuar em todas as etapas para conquistar um resultado significativo no final do Campeonato Brasileiro. O Rally Minas Brasil é uma prova importante, que abre a temporada do rali nacional e, por este motivo, não competir nela é algo fora de cogitação”, comentou. 

Quem está ansioso para o Rally Minas Brasil é o piloto Rafael Cassol, de Rio Verde (GO) que, tão embora já seja um veterano no rali, fará a sua estreia entre as motos, na categoria Marathon. “Estou animado para o evento e, como sou novato nas motos, não estou preocupado com resultado no momento. Quero apenas completar a prova em segurança e adquirir mais experiência nessa categoria; mas é claro que vou dar o meu melhor”, declarou Cassol, que acelerará uma Husqvarna 450cc. 

O 2º Rally Minas Brasil é organizado pela Rallymakers e, de acordo com o CEO da empresa, Fernando Bentivoglio, o certame terá uma diversidade de terrenos que agradará a todos os off-roaders. “Durante os levantamentos dos ralis, sempre priorizamos áreas que nos apresentam variedades de pisos. E foi isso o que nós encontramos em Patos de Minas e Presidente Olegário: estradas que mesclam entre areia e chão batido, ora com trial, erosões, pedras etc. Passaremos por dentro de propriedades particulares e, ainda, em meio das estradas que cortam os cânions da região. Entregaremos uma etapa bem completa”, descreveu Bentivoglio. 

As inscrições seguem abertas até o dia 14 de março e podem ser feitas pelo site www.rallymakers.com.br. A secretaria de prova abrirá na sexta-feira (15), a partir das 9h para o início das atividades. O briefing entre organização e competidores ocorrerá às 19h30 para motos e 20h30 para carros, no Gálatas Golden Hotel (Av. Juscelino Kubitscheck de Oliveira, nº 129). 

O 2º Rally Minas Brasil é uma realização da Rallymakers, com apoio da Prefeitura Municipal de Patos de Minas e Prefeitura Municipal de Presidente Olegário

Supervisão: CBM, CBA, FMEMG, FMA e RCMG

Por Leo Tavares direto da redação com colaboração da Liberdade de Ideias e foto de Doni Castilho.

No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, o motociclismo tem motivos de sobra para comemorar. O recente anúncio da piloto goiana Bárbara Neves, de 18 anos, na equipe Honda Racing de Enduro FIM marca a chegada da primeira mulher ao time oficial mais tradicional do esporte sobre duas rodas no país.

“É um marco para o motociclismo feminino e eu estou muito feliz em fazer parte desta história”, contou Bárbara, que irá acelerar a motocicleta Honda CRF 250F na temporada 2019. O primeiro desafio está marcado para este domingo (10), na 5ª edição do Enduro FIM Experience da Mulher. A prova exclusiva para as classes femininas terá início às 10h30 no Complexo Ayrton Senna, em Ribeirão Pires (SP), com entrada franca ao público.

Bárbara também está confirmada nas provas do Campeonato Brasileiro da modalidade. Com sete etapas no total, a competição terá início nos dias 16 e 17 de março em Itapema (SC). Ela compete na categoria específica para mulheres, a EFeminina, que está em plena ascensão.

“A cada ano, mais meninas começam a andar de moto e a fazer trilhas e competir. Eu fico muito feliz com o crescimento da categoria. As pilotos são bem unidas, uma ajuda a outra - e todas crescem.”

Campeã latino-americana feminina de Enduro FIM em 2018 e brasileira em 2017, Bárbara ressalta que o motociclismo traz benefícios além da prática esportiva. “Com a rotina de competições, eu conheço lugares onde nunca imaginei chegar e pessoas incríveis. É uma experiência maravilhosa”, acrescentou.

Ela ganhou a primeira moto com três anos de idade, mas voltou a andar mesmo aos 13 anos, fascinada pelo ambiente off-road - apresentado pelo seu pai, o ex-piloto de Enduro de Regularidade Rildo Gonzaga. Mas quem pensa que apenas isso a credenciou para as provas está enganado.

“O meu pai sempre me apoiou, mas só liberava a moto com boas notas na escola. Sem dúvidas isso foi um grande incentivo, eu me dedicava bastante nos estudos a semana toda para poder andar de moto no sábado e no domingo”, contou Bárbara, com bom humor.    

Versátil, Bárbara tem experiência em outras modalidades do motociclismo, como Motocross, Hard Enduro, Enduro de Regularidade e Cross Country. O comum é o contato direto com a natureza: sol, poeira, calor, umidade, pedra e lama, entre outros desafios.

“Eu sempre vou maquiada para as provas. Gosto bastante de me cuidar e de estar bonita para conversar com as pessoas e tirar fotos. Depois das corridas, os cabelos ficam um pouco embaraçados, então é importante lavar bem e fazer hidratação nos fios. Nós, mulheres, podemos fazer o que quisermos – e sem perder e feminilidade”, concluiu Bárbara Neves.

A equipe Honda Racing de Enduro FIM é patrocinada por ASW, Alpinestars, DID, Seguros Honda e Óleo Genuíno Honda.   ​

Por Leo Tavares com a colaboração da Mundo Press e foto de Iadário Café.

Passando o olho pela web, me deparei com esta imagem, nova Honda CRF 300 RX.

Conforme o post a moto vem equipada com câmbio de 5 velocidades, injeção eletrônica, suspensão Showa 49mm e pesando apenas 109,7 kg no tanque cheio.

Se for verdade, a moto chega para disputar um mercado em crescimento.

E aí, você gostou?

Por Leo Tavares, direto da redação.