Piloto da equipe KTM Sacramento chegou perto do bicampeonato na competição

Emerson Loth, o Bombadinho, chegou muito próximo de conquistar o bicampeonato no Ibitipoca Off Road. O paranaense foi vice-campeão da histórica 30ª edição da prova, que, nos dias 3 e 4 de agosto, reuniu mais de 560 motos nas trilhas das cidades mineiras de Juiz de Fora, Lima Duarte e Conceição do Ibitipoca.

O piloto da equipe KTM Sacramento dominou a maior parte da competição, mas deixou a vitória escapar por um detalhe. "Das quatro etapas da prova venci três, mas, após cometer um erro de navegação, terminei uma delas em 10º e isso me prejudicou bastante. A prova foi bem legal, com 8h no primeiro dia e 7h30 no segundo, quilometragem longa (ao redor de 400 km no total) e muita trilha técnica. Infelizmente esse erro acabou me tirando a vitória, mas isso faz parte", comentou.

Na classificação final da categoria Master, a principal do evento, Loth somou 86 pontos, ficando a apenas três de renovar o título com a KTM 350 EXC-F.

Agora ele se prepara para disputar a penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade neste fim de semana, dias 10 e 11, na cidade de Paraíba do Sul (RJ). Emerson Loth conta com patrocínio da KTM Sacramento.

Resultado da 30ª edição do Ibitipoca Off Road

Master
1. Tunico Maciel, 89 pontos
2. Emerson Loth, 86 pontos - KTM Sacramento
3. Luiz Felipe Zavarize, 74 pontos
4. Rodrigo Souza, 66 pontos
5. Jomar Grecco, 66 pontos

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração da Publix e foto de Angelo Savastano.

Zéphyr, que usa o Can-Am X3 como base, tem carroceria de carbono e está disponível para compra ou aluguel já para o Dakar 2020

A empresa PH Sport, líder na França na construção, preparação e aluguel de carros de rali, como o WRC e Dakar, acaba de lançar no mercado o UTV "Zéphyr", que tem como base o Can-Am Maverick X3, carroceria de carbono e é considerado o modelo mais avançado que existe hoje no mercado. O Zéphyr estará disponível para aluguel ou venda já para o Dakar 2020, na Arábia Saudita.

Instalada em 4.700 metros quadrados na cidade de Langres, na França, 42 funcionários diretos, 24 veículos para assistência em ralis e tendo uma lista campeã de "clientes", como Sébastien Loeb, Sébastien Ogier e Robert Kubica, a PH Sport foi responsável pela preparação do carro de Loeb no Dakar 2019.

A PH Sport começou no rali cross country alugando os Peugeots a partir de 2016 e ajudou Khalid Al Qassimi a chegar em sexto lugar no Dakar 2018 e a Sébastien Loeb ao pódio no Dakar de 2019.

O Zéphyr destaca-se entre os UTVs tradicionais graças à carroceria de carbono leve montada em um chassi tubular homologado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), criando uma alternativa econômica e adequada em relação aos carros da categoria T1.

O Zéphyr usa amortecedores BOS de três vias com paradas hidráulicas de compressão e ressalto, molas ultraleves, e tem chicote elétrico que permite a instalação da ECU. Conta ainda com um painel central eletrônico e sistema de aquisição de dados. O motor, com restritor de ar, é o original do Can-Am X3 para respeitar os regulamentos da FIA.

Essas modificações, combinadas com bancos de carbono, mantêm o peso abaixo de 900 quilos (com um estepe). O Zéphyr terá disponível dois tipos de rodas com pneus da marca BF Goodrich, 14 e 15 polegadas, de acordo com as características de cada prova.

O Zéphyr foi testado na França e em Abu Dhabi por pilotos e campeões mundiais de várias categorias. Para o Dakar 2020, o cliente do novo UTV preparado pela PH Sport poderá contar ainda com o serviço "chave na mão". Ou seja, o piloto só precisa levar os equipamentos pessoais, como macacão e capacete, e a equipe cuidará de tudo, como manutenção, regulamentos técnicos e esportivos, e toda a logística.

"Estamos muito entusiasmados com este novo desafio, já que a maioria dos vinte veículos na primeiro lote já foi comprada ou alugada. Investimos todo o nosso conhecimento na produção do Zéphyr, o UTV mais avançado disponível hoje. É econômico, confiável e é uma ótima alternativa para os veículos T1. Estamos lidando com este novo capítulo em nossa história com humildade, pois ainda temos muito a aprender. Gostaríamos de agradecer aos competidores que escolheram se juntar a nós e depositaram a confiança nesse novo projeto”, afirma Bernard Piallat, gerente da PH Sport.
"PH Zéphyr" - Especificações técnicas
Base: Can-Am Maverick X3
Chassi: tubular, homologado pela FIA
Carroceria: carbono
Dimensões: largura aumentada para 2,1 metros
Amortecedores: o mais recente BOS de três vias com paradas hidráulicas de compressão e ressalto, sistema CAS e FCS e molas ultraleves
Rodas: de 14 e 15 polegadas (de acordo com as características de cada evento) e pneus BF Goodrich
Peso: 900 kg (com um estepe)
Eletrônica: ECU, painel de controle, aquisição de dados e caixa de alimentação MoTec
Tanque de combustível: 130 litros, com recipiente de carbono/kevlar
Mais: bateria de lítio e bancos de carbono

PH SPORT
Tel .: +33 325 87 27 92
Mais informações: [email protected]
Site: www.ph-sport.com
Facebook: PH Sport
Twitter: @ph_sport
Instagram: @ph_sport
Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Ricardo Ribeiro.

O Aeroporto Carlos Prates na Capital Mineira receberá novamente os melhores pilotos para a segunda rodada do Campeonato Brasileiro de Trial 2019 entre os dias 16 e 18 de agosto. São esperados competidores de todo o Brasil em uma prova de desafiar a gravidade. Entre eles os mineiros Leonardo Martins e Guilherme Magno, o carioca Wladymir Jasinsky e o Paranaense Leandro Basseto entre outros feras da modalidade.

Com o traçado repleto de obstáculos como carretéis, rampas, manilhas e pneus, o objetivo do piloto é passar por eles sem colocar o pé no chão. O competidor que realizar as manobras com o menor número de erros, leva o troféu de campeão. São 3 categorias: Super, Avançados e Novatos.

Então anote aí na sua agenda e venha ver de pertos os feras das duas rodas.

Fique por dentro:
16 de Agosto - Treinos Livres - Horário: 16:00 às 18:00.
17 de Agosto – 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Moto Trial 2019 - Horário: 10:00 às 16:00.
18 de Agosto - Curso para Pilotos e Entusiastas - Horário: 10:00 às 16:00
Entrada Franca – Retire seu convite no site sympla.com.br
Informações: (31)2552-0399 / [email protected]
Local: Aeroporto Carlos Prates
Entrada Pela Rua Ocidente, 100 - Belo Horizonte/MG

O Campeonato Brasileiro de Trial conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e Belotur, Apoio: Infraero e Instituto Estrada Real, Supervisão: FMEMG e CBM e realização da Moto Trial Brasil.

Por Leo Tavares direto da redação.

A montadora portuguesa AJP promete grande novidades para 2020.Com importação oficial para o Brasil, a marca desenvolveu 03 novas motos e entre elas uma 4 tempos de 300cc.

Conforme conversa exclusiva com um fonte interna da fábrica com o canal CorrosivoFilmes, a moto faz frente as motos Racing de qualquer marca tanto em performance quanto ciclística. Os novos produtos serão lançados no salão de Milão.

Por enquanto, recebemos apenas uma foto do detalhe da novíssima moto 300cc e parte dos novos equipamentos da linha de produção da AJP.

Outra novidade da AJP é a sua reformulação e posicionamento da marca junto ao mercado, que promete novos rumos para esta empresa com 32 anos de existência e de desenvolvimento e produção própria na maior parte das motos.

Agora é aguardar mais novidades aqui em terras tupiniquins.

Por Leo Tavares direto da redação com informações quentes de Portugal direto da AJP.

Em mais uma prova difícil e exigente, o 30º Yamaha Ibitipoca Off Road escreveu mais um capítulo importante na história do Off Road brasileiro, neste sábado e domingo (3 e 4), em Juiz de Fora/MG. Foram percorridos cerca de 400 km, nos dois dias de competição. No domingo a chuva dificultou ainda mais para os competidores.

São 3 décadas de um grande desafio nacional, com percurso desafiador e que exigiu dos mais de 600 inscritos, sendo a grande maioria de motocicletas, com destaque para categorias duplas, pais e filhos e feminina.

Para os pilotos da Yamaha O2BH Racing, Jomar Grecco e Fabinho Amaral, o melhor é esquecer e focar nos próximos eventos. Apesar de terem conseguido alcançar o objetivo, que era estar no pódio, fica para os próximos anos o sonho de se tornarem Pentacampeão para Grecco e Amaral, Bicampeão do evento, um dos mais cobiçados do do país.

Fabinho Amaral representou a Yamaha na categoria Brasil, com uma TTR 230 e superou todas as adversidades, nos mais variados tipos de terreno. Lama, areia, água, pedras e muitas trilhas e paisagens ecoturísticas, paradisíacas. Ele foi o 3º colocado na prova e é o líder do Campeonato Brasileiro de Regularidade, Bicampeão antecipado invicto já nesta temporada.

A bordo de sua Yamaha WR 450F, Jomar, Tetracampeão da prova, líder do Brasileiro e maior piloto de Regularidade de todos os tempos, assumiu estar desconcentrado e cometeu erros de navegação que foram cruciais na competição. "O Ibitipoca mais uma vez mostrou sua grandeza e uma organização impecável, eu cometi erros nos dois dias, é melhor esquecer e focar no Brasileiro e no Independência", resumiu o piloto capixaba, categoria Máster, que ficou na 5ª colocação e agora parte para o desafio de expandir seu recorde de 5 vitórias no Enduro da Independência.

Além de dar total suporte e apoio aos pilotos oficiais, o estrutura da O2BH Yamaha atendeu clientes do bLU cRU, programa de incentivo e bônus da Yamaha do Brasil, que oferece descontos especiais em produtos para os participantes que competem de Yamaha. No Ibitipoca, cada participante ganhou ainda um cooler e um squeeze personalizado.

Jomar e Fabinho transportam seus materiais de corrida nas malas de equipamento Ogio e vão utilizam os óculos Dragon, botas Gaerne e o conjunto calça, camisa e luvas ASW, além de brace MrPró.

Nas motos da equipe, além da completa linha de lubrificantes Motul, as suspensões são preparadas pela W-Tech Brasil, as coroas fabricadas pela Durag, os escapamentos Foco Racing, guidãos Protaper, BR Parts componentes e correntes DID. Já os plásticos e protetores são da Circuit, com gráficos Alex Design.

por Leo Tavares coma colaboração de Flávio Bergman e foto de Janjão Santiago.

O Tetracampeão do Yamaha Ibitipoca Off Road está modesto no objetivo, que é subir ao pódio na 30ª edição de um dos mais tradicionais eventos brasileiros. Quem acompanha a carreira do piloto Jomar Grecco, da Yamaha O2BH Racing, sabe que o Bruto é favorito e pode conquistar a sua quinta taça neste fim de semana (3 e 4), em Juiz de Fora/MG.

"Ano passado fiquei em segundo, melhorei meus treinamentos, estou focado e preparado. A expectativa é estar no pódio, mas é claro que eu quero o tão cobiçado primeiro lugar e trabalhamos muito pra buscar meu quinto título na categoria principal (Master)", disse o capixaba Jomar.

Quem também estará presente é o mineiro Fábio Amaral, companheiro de equipe e fã assumido de Jomar Grecco. Ele participa desde 2012 da competição, é o atual Campeão na categoria Brasil e vai bucar o Bi."É a prova mais esperada do ano, com certeza absoluta uma das melhores, pela qualidade da organização, pelas trilhas, pela quantidade de pilotos. É a prova que eu comecei a praticar o Enduro, foi em 2012, categoria dupla, de lá pra cá eu não perdi nenhum Ibitipoca e me tornei piloto", revelou Amaral.

Este ano são mais de 600 pilotos, 11 estados, 150 cidades, das quais 81 mineiras. São 30 anos de tradição, um dos mais completos tecnicamente, melhores e bem organizado evento esportivo do Brasil.

bLU cRU

Também são esperados um número recorde de participantes no programa bLU cRU da Yamaha. Pilotos inscritos que competem com a motos da marca, terão uma série de benefícios e descontos, além de contar com todo o suporte dos especialistas e infraestrutura da O2BH Yamaha.

Jomar e Fabinho transportam seus materiais de corrida nas malas de equipamento Ogio e vão utilizam os óculos Dragon, botas Gaerne e o conjunto calça, camisa e luvas ASW, além de brace MrPró.

Nas motos da equipe, além da completa linha de lubrificantes Motul, as suspensões são preparadas pela W-Tech Brasil, as coroas fabricadas pela Durag, os escapamentos Foco Racing, guidãos Protaper, BR Parts componentes e correntes DID. Já os plásticos e protetores são da Circuit com gráficos Alex Design.

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Fla´vio Bergman e foto de Janjão Santiago.

Intitulado pelo pilotos como a prova mais charmosa do Brasil, o Ibitipoca Off Road completa 30 anos em 2019 e promete uma grande aventura pela trilhas de Juiz de Fora/MG, passando pelo distrito de Conceição de Ibitipoca/MG em Lima Duarte/MG entre os dias 03 e 04 de outubro.

E a concentração da prova já começa nesta sexta-feira (02/08) na Faculdade Suprema e são esperados os melhores pilotos da modalidade, entre eles feras como Jomar Grecco que busca o seu quinto título na prova, Guilherme Cascaes, Emerson Loth (Bombadinho) Tunico Maciel e o multi campeão de Enduro FIM e Hard Enduro, Bruno Crivilin.

Além disto, a prova ainda é válida pela final do Mineiro de Regularidade e Copa Estrada Real. A prova será dividida em 4 (quatro) etapas: 1ª etapa: de Juiz de Fora ao Posto de Lima Duarte, 2ª: do Posto de Lima Duarte a Conceição de Ibitipoca, 3ª: de Conceição de Ibitipoca ao Posto de Lima Duarte e a 4ª: do Posto de Lima Duarte a Juiz de Fora.

Então fique ligado nas redes sociais do evento no Facebook e Youtube e boa prova para os competidores.

Por Leo Tavares direto da redação.

A Honda e o piloto Fred Kyrillos aceleram juntos quando o assunto é motocross estilo livre. Aos 33 anos, o paulistano tetracampeão brasileiro de Motocross Freestyle é patrocinado pela marca e levanta o público nas competições e apresentações de manobras radicais, com a motocicleta Honda CRF 450R.

O currículo de Kyrillos é extenso e inclui o bicampeonato do Duelo de Motos, além de títulos da Copa Brasil de Motocross Estilo Livre e Desafio Internacional de FMX. Ele também foi o único brasileiro a competir no X-Fighters de Madri, disputa que reúne os melhores pilotos de motocross freestyle do mundo, por meio de uma vaga conquistada com recorde de votação popular.

Para Kyrillos, ser um piloto Honda sempre foi um dos seus grandes objetivos. “Tinha esse sonho desde a infância e estou trabalhando para isso há muito tempo. A Honda é a principal empresa do segmento de motos e estar com ela é um marco na carreira de qualquer piloto profissional”, comenta. “Essa parceria é muito boa para ambos os lados. A Honda tem muito para agregar ao meu trabalho, principalmente pelo equipamento, já que a marca tem a melhor moto para a minha modalidade e estilo de pilotagem”, complementa.

Na agenda de Kyrillos deste ano está a participação em competições e eventos nacionais e internacionais. Destaque para o Arena Cross, Rally dos Sertões, Enduro da Independência, Salão Duas Rodas e Virada Esportiva, além do Nitro Circus World Game, X-Games e Monster Energy Cup - essas três últimas nos Estados Unidos. “Será muito importante representar a Honda em todos esses eventos, sempre com muita seriedade e dedicação. Com certeza, faremos uma parceria longa, duradoura e vitoriosa”, finaliza Kyrillos.

Ficha Técnica - Fred Kyrillos
Nascimento: 16/01/1986
Natural de: São Paulo (SP)
Cidade onde mora: São Paulo (SP)
Altura: 1,80m
Peso: 82 kg
Modalidade: Motocross Freestyle
Moto: Honda CRF 450R

Títulos/Desempenhos:

Campeonato Brasileiro de Motocross Freestyle
2013, 2014, 2018 e 2019 (Tetracampeão)
2015 e 2017 (Vice-campeão)

Copa Brasil de Motocross Estilo Livre
2013 (Campeão)

Desafio Internacional de FMX
2014 (Campeão)

Duelo de Motos
2018 e 2019 (Bicampeão)

Nitro World Games
2017 (Participação) - 2º colocado na classificatória e 9º colocado na final Primeiro piloto brasileiro a realizar a manobra Front Flip em uma competição
Único brasileiro na competição

Red Bull X-Fighters
2017 (Participação) - 8º colocado e recordista na votação popular
Único brasileiro na competição

Monster Energy Cup
2017 e 2018 (Participação)
Único piloto a executar a manobra Back Flip no salto de 36 metros
Único brasileiro na competição

Mundial de FMX Night of the Jumps - FIM Munique - Alemanha
2019 (Participação) - 2º colocado na modalidade duplas
Único brasileiro na competição

Agenda 2019/2020 - Fred Kyrillos
24/8/19 - Rally dos Sertões - Campo Grande (MS)
1 a 4/9/19 - X-Games - Estados Unidos
7/9/19 - Enduro da Independência - Lavras (MG)
21/9/2019 - Arena Cross - A confirmar
19 a 24/11/19 - Salão Duas Rodas - São Paulo (SP)
30/11/19 - Monster Energy Cup - Estados Unidos
7 e 8/12/19 - Virada Esportiva - São Paulo (SP)
19/1/20 - Arena Verão - Bertioga (SP)
3/2/20 - Duelo de Motos - Atibaia (SP)
23/2/20 - Enduro del Verano – Argentina
24 e 25/3/20 - Monster Tour – Nordeste
4/4/20 - Arena Cross - A confirmar
26 e 27/4/20 - Night of Jumps - Alemanha
11/5/20 - Race Valley - Taubaté (SP)
16/5/20 - Arena Cross - A confirmar

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração da Mundo Press e foto de Pablo Vaz

Pista preparada, box prontos e muita velocidade pelo Circuito dos Cristais em Curvelo/MG. Assim promete a 4ª Etapa do GP Gerais, prova válida pelo Campeonato Mineiro de Motovelocidade marcada para o dia 04 de agosto de 2019.

Considerada como um dos Campeonato mais seguro do país, o GP Gerais vem cada vez mais atraindo novos pilotos de todo o Brasil para suas corridas, além de oferecer uma infra-estrutura ímpar para pilotos e público. E durante o intervalo das corridas haverá o tradicional moto passeio guiado com o público presente para poder conhecer e sentir a sensação de rodar com sua moto pela pista.

Então anote aí na sua agenda e venha prestigiar!

Serviços:
Abertura ao público às 10:00hrs.
Acesso ao Paddock R$10,00 mais 1 kg de alimento não perecível
Ingressos serão vendidos no local no dia do evento a partir das 10 horas.
Estacionamento R$10,00.
Espaço Backer R$50,00 Chopp liberado e acesso aos box de 10 às 15 horas. Vendas pelo Whatsapp (31)99939-6783.

O GP Gerais conta com o patrocínio da Pirelli, Zoom Moto Center, Ello Benefícios, Água Mineral Ingá, X11 Expert Riders, Cervejaria Backer, apoio da Prefeitura de Curvelo, Supermercado Cordeiro, Stilo Telemarketing, Peixe Boi Carnes e Afins, Microcity, supervisão da CBM, FMEMG e realização da Tech Time.

Por Leo Tavares direto da redação.

A penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro, realizada neste fim de semana (27 e 28) em Paraopeba/MG, já revelou os primeiros campeões da temporada.

Romain Dumontier venceu a Enduro GP e ninguém mais pode lhe alcançar na E2, categoria em que, apesar de ser Campeão, por questões de regulamento precisa largar no sábado 14 de setembro na última etapa do Brasileiro, em Patrocínio/MG, para confirmação oficial do Título. O mesmo acontece com e Patrik Capila na EJ. Pilotos da Yamaha O2BH Racing, que apesar do mérito, permanecem focados até o término da competição.

A etapa mineira foi marcada pelo clima quente e seco, com muita poeira, deslocamentos com trilhas difíceis, pesadas e uma super prime na noite de sexta-feira de nível mundial, que não terminou devido ao acidente com o piloto Gabriel "Tomate", que passa bem e não teve nada além de escoriações.

Rômulo Bottrel, companheiro de equipe de Dumontier e Capila, terminou na 3ª colocação na categoria E1, mesma posto em que se encontra na classificação do Campeonato, a 7 pontos do segundo.

Romain Dumontier venceu quase todas as especiais do domingo e no sábado ficou em segundo na Enduro GP. Ele lidera com 14 pontos de vantagem a categoria que só será definida na final do Campeonato.

Patrik Capila venceu a Júnior nos dois dias e segue invicto, e está perto de completar uma temporada perfeita. A antecipação dos títulos vem coroar o trabalho sério desempenhado pela Concessionária O2BH Yamaha, que cuida da gestão da equipe oficial da marca japonesa no Brasil.

"Já são alguns anos de trabalho em prol do desenvolvimento do Enduro no Brasil, nada disso seria possível sem a qualidade e o comprometimento de todos os integrantes da equipe, inclusive os que trabalham nos bastidores e fora das pistas, além é claro da qualidade dos equipamentos e componentes fornecidos pelos nossos parceiros e patrocinadores do time", disse Carlos Augusto Constantino, chefe da equipe e diretor comercial do Grande Orange, detentor da O2BH Yamaha.

Completando o fim de semana da equipe Azul, Tiago Wernersbach ficou na 5ª colocação na categoria E1 e Erasmo Klering foi o 3º colocado na E40. Eles participam utilizando os benefícios do programa bLU cRU e possuem o apoio e suporte da equipe.

Os pilotos da Yamaha O2BH Racing utilizam calças, camisas e luvas ASW; Pneus Kenda, Lubrificantes Motul, Capacetes Airoh, Óculos Dragon, Guidão Pro Taper, Botas Gaerne, Componentes BR Parts, Coroas e Pinhões Durag, Correntes DID, Protetores de Mão e plásticos Circuit, Suspensões W-Tech, Braces MR Pro, Escapamentos Foco, Protetores de Motor AXP Racing e Gráficos Alex Design. Ainda transportam seus equipamentos pessoais nas Malas Ogio e utilizam Suplementos Exceed para reposição de energia.

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Flávio Bergman e foto de