Sucesso absoluto na abertura do Brasileiro de MX

Chegou ao fim a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, mas as emoções das disputas vão ficar na memória. O domingo, 11, de sol na cidade de Siqueira Campos (PR) foi marcado pelas corridas mais emocionantes dos últimos tempos. 

A MX1 reuniu os melhores pilotos, com oito estrangeiros no gate. O norte-americano Scott Simon travou uma verdadeira batalha com Antônio Jorge Balbi Jr., saindo vitorioso. Balbi caiu e Marcelo “Ratinho” Lima aproveitou para assumir a segunda colocação. Dudu Lima e Cristopher “Pipo” Castro completaram o pódio com o quarto e quinto lugar. Roberto Castro terminou em sexto.

Na MX2 quarenta pilotos alinharam no gate e quem saiu na frente foi Dudu. Mostrando muita técnica, ele superou logo de cara nomes como Balbi Jr. Porém, foi ultrapassado por Scott na quinta volta e em seguida cometeu um erro que lhe custou três posições. A prova seguiu num ritmo alucinante até o fim, com Balbi em primeiro, Scott em segundo, “Ratinho” em terceiro e Dudu em quarto. O venezuelano Humberto Martin terminou a prova na oitava posição.

A prova de Siqueira marcou o retorno de um campeonato que promete ser o mais disputado e emocionante dos últimos anos. A próxima etapa acontece em Carlos Barbosa, Rio Grande do Sul, nos dias 23 e 24 de abril.

Confira os resultados:

MX1

1°) Scott Simon (Piloto da Pro Tork Racing Team)

2°) Marcello Ferreira Lima (Piloto patrocinado pela Rinaldi)

3°) Antonio Jorge Balbi Jr. 

4°) Eduardo Ferreira Lima (Piloto patrocinado pela Rinaldi)

5°) Cristopher “Pipo” Castro (Piloto patrocinado pela Rinaldi)

MX2

1°) Antonio Jorge Balbi Jr. 

2°) Scott Simon (Piloto da Pro Tork Racing Team)

3°) Marcello Ferreira Lima (Piloto patrocinado pela Rinaldi)

4°) Eduardo Ferreira Lima (Piloto patrocinado pela Rinaldi)

5°) Marçal Muller

MX3

1°) Nico Rocha (Piloto da Pro Tork Racing Team)

2°) Davis Guimarães (Piloto patrocinado pela Pro Tork)

3°) Miton Becker (Piloto da Pro Tork Racing Team)

4°) Vagner Lachi 

5°) Nielsen Paraiso Bueno

65cc

1°) Enzo Lopes

2°) Kioman Munõz (Piloto patrocinado pela Rinaldi)

3°) José Brayan Padilha

4°) Djalma Brito 

5°) Mateus Mendonca

Fonte e fotos - ProTork e Rinaldi