Meio dia em ponto, o sol quente castiga a terra, o suor desce pelo rosto, pilotos ansiosos, bandeira de largada agitada e muita poeira pelo caminho... Assim foi a terceira etapa da copa Enrolando o Cabo realizada na fazenda Estrela do Sul, em Ibirité, na região metropolitana da Grande BH.

Diversos pilotos de toda a região vieram disputar o melhor lugar no podium e enfrentaram uma pista com quase 4 km de muita adrenalina. O público que acompanhava de perto os feras das duas rodas teve uma visão privilegiada da pista, acompanhando os pegas por quase 1200 metros de visão livre.

A organização, desta vez, escolheu um terreno bem mais técnico e caprichou no circuito, exigindo do piloto o máximo. Mesmo com poucos recursos financeiros e contando com apoio de poucos patrocinadores, a organização realizou uma prova de nível e contou com mais de 70 pilotos de toda grande BH.

A Prova:

Um dos maiores desafios foi vencer o intenso calor e a poeira que não deu trégua para os participantes, pois a cada largada levantava um nuvem imensa, dificultando bem a visão dos retardatários.

A primeira categoria a enfrentar a prova foi a Over 40 que reuniu pilotos experientes da região, mas quem se deu bem mesmo foi o piloto Cleber Esteves que manteve a liderança durante toda a prova, Clebinho além de competir no Cross Country vem andando forte também no enduro de Regularidade.

Logo em seguida, a Categoria Importada Iniciante contou com diversos pilotos que participam de provas de enduro de Regularidade e vieram prestigiar o evento para conhecer um pouco mais da modalidade do Cross Country. Mais desta vez, quem levou a melhor foi Felipe, mais conhecido como “Lipão” da cidade de Betim que vem disputando por todo o país o campeonato Brasileiro de XC.

“gostei muito de correr, é bem diferente do regularidade, aqui a gente tem que enrolar o cabo e um pouco mais, bem diferente do regularidade que exige mais concentração que velocidade, gostei da prova e prometo voltar”, falou Márcio Adriano, piloto experiente de Enduro de Regularidade que participou pela primeira vez de uma prova de XC.

A cada largada a poeira ficava mais fina e a categoria Nacional Pró disputava cada cm da prova. Hora Cascata ficava na frente, hora Carlos Oliveira que acabou, nas últimas voltas, acelerando mais para ficar com o melhor lugar do podium.

A categoria Nacional Iniciante foi uma das mais emocionantes. O grid de largada ficou cheio, os competidores alinharam as motos e assim que a bandeira abaixou uma enorme nuvem de poeira levantou. Era tanto pó suspenso que alguns pilotos se enroscaram e outros não conseguiram nem largar. A disputa entre os competidores era enorme, alguns acelerando ao máximo,  gerando espetaculares tombos para o público local. O piloto Fernando Ferreira manteve a liderança e conquistou o primeiro lugar da categoria.

Uma hora de prova mais uma volta, este foi o tempo de prova da categoria Importada Pró, que foi uma das mais disputadas. A briga desta vez foi com quem saia melhor para manter a liderança e enfrentar pouco a poeira levantada pelas motos. Pilotos prontos e foi dada a largada, novamente a poeira tomou conta da pista tornando a disputa mais difícil ainda. Os pontos de ultrapassagem eram tomados pela poeira e tornando quase impossível a manobra. A cada passagem dos pilotos se via o cansaço estampado no rosto e na forma de pilotar que ao poucos foi minando os competidores que chegaram ao fim da prova esgotados. Luiz Felipe “ Lipão” novamente levou a melhor.

Um dos pontos elogiados da prova foi a infra estrutura da fazenda Estrela do Sul, que proporcionou fácil estacionamento, boa visão da pista, estrutura de restaurante, boa comida mineira e aquela cerveja para os adeptos de uma geladinha ao final da prova.

Finalmente, o sol deu trégua e se escondeu entre as montanhas e o resultado da terceira etapa da copa Enrolando o Cabo ficou assim:

Over 40 anos.

1-Cleber Esteves - OLIVEIRA RACING - BH

2-Benito Godoy  - ZIG VAGALUME - BH

3-Adalberto "Bebeto" - MOTOLAND-NATAL, MOTOS-ROGI MOTO PEÇAS, MOXTER RACING - BETIM

4-Luiz Lanari- "luizão" - ZIG VAGALUME- BH

5-André Benati - IBIRITE

 Importada Iniciante

1- Luiz Felipe Rosendo "Lipao" MOTOLAND-NATAL, MOTOS-ROGI MOTO PEÇAS, MOXTER RACING - BETIM

2-Eder Brandão - IBIRITÉ

3-Renato Taboca - IBIRITÉ

4-Artur "Boca" - ARTUR PORTAS E JANELAS - BETIM

5-Marcos Vinícius - BETIM

Nacional Pró

1- Carlos OLiveira - OLIVEIRA RACING

2- Halison Brito "Cascata" - BY MOTOS - BETIM

3- Hebert - BH

4- Carlos Guilherme - SABARÁ

5-Leonidas Araújo Fernandes - ZIG VAGALUME- DIAMANTINA

Nacional Iniciante

1- Fernando Ferreira - MINAS MOTOS - IBIRITÉ

2-Vitor Pontes - OLIVEIRA RACING

3-Renato

4-Marcelo Braga "TCHELITO" - BETIM

5-Freddy Teixeira Pelucio - BH

Importada Pró

1- Luiz Felipe Rosendo "lipao" - MOTOLAND-NATAL, MOTOS-ROGI MOTO PEÇAS, MOXTER RACING - BETIM

2- Halison Brito - "Casxcata" - BY MOTOS - BETIM

3- Wagner Flexinha - CHASSIS E EIXOS - BETIM

4- Ronaldo de Araujo Fernandes - ZIG VAGALUME - DIAMANTINA

5- Benito Godoy - ZIG VAGALUME – BH

Esta prova conta com o patrocínio e apoio de BS Indústria de Perfuração, Lindéia Motos, Moto Lama e Bike, Oficina MotoLand, Multi Cargas Logística, Oficina RD Motos, Motel Jump CorrosivoFilmes.

Agora é aguardar a última etapa para saber quem será o campeão da copa!

Leo "Corrosivo" direto da pista de XC em Ibirité/MG.