Obstáculos montados, motos pela pista, crianças brincando e música boa ao vivo. Assim foi  a 2ª Etapa do Brasileiro de Moto Trial realizado no espaço do Aeroporto Carlos Prates na Capital Mineira neste fim de semana entre os dias 16 a 18 de agosto que recebeu pilotos de diversos cantos do país..

Depois de uma sexta-feira (16/08) de treino livre pelo circuito montado no Aeroporto, os pilotos retornaram no sábado (17/08) para um dia de competição e diversão. O dia começou com céu de brigadeiro na Capital Mineira,  como dizem na Aeronáutica. Barracas montadas, Food Trucks prontos para receberem o público, motos preparadas e muita ação pela frente.

Uma das primeiras atividades do dia foi a apresentação de Bike Trial no comando do multi-campeão Brasileiro Diego Magno, que realizou manobras de tirar o fôlego como saltos do alto de plataformas, pulos sobre pessoas e muita mais. Outro atrativo do dia foi a participação das crianças que puderam pedalar durante a intervalo dos treinos e com o incentivo dos papais e do Diego Magno, passaram por alguns obstáculos e receberam ao fim das atividades uma medalha de incentivo e participação com direito a foto ao lado do Campeão.

E chegou a hora dos competidores enfrentarem os desafios da 2ª Etapa do Brasileiro de Trial. Pela frente diversos obstáculos que testou a perícia e preparo dos pilotos e máquinas. No traçado natural montado em uma barranco super íngreme, o desafio foi descer sem encostar o pé no chão. A terra solta do local e o calor foi um desafio a mais para os competidores enfrentaram. O público que acompanhava a corrida, aplaudia a cada manobra incentivando os pilotos cada vez mais.

Troncos, caçambas, gangorra, plataformas entre outros obstáculos montado no traçado indoor levou os competidores a manobras incríveis e muito equilíbrio, afinal o objetivo da prova é passar pelos desafios sem encostar o pé no chão. E um dos mais desafiadores obstáculos, foi a passar pela plataforma de ferro com mais de 2 metros de altura e com apenas 1 metro de largura e manter o equilíbrio para depois descer em queda livre até o chão.

Depois de 03 voltas pelo circuito, os músicos da APAETUCADA de Belo Horizonte apresentou um belo repertório para o público presente com direito a manobras radicais de Bike Trial durante a apresentação fechando o sábado com chave de ouro com a seguinte classificação:

Categoria Super:

1ª Guilherme Magno

2ª Henrique da Matta

3ª Leandro Basseto

Categoria Avançado:

1ª Leonardo Martins

2ª Christiano Cristofoleti

Categoria Novato:

1ª Eder Brandão

2ª Marcelo Vieira

E no domingo (18/08) ops pilotos e adeptos da modalidade de Moto Trial retornaram para a pista para treinarem novamente, aproveitando a estrutura disponibilizada pela Moto Trial Brasil, organizadora do evento para trocarem experiências.

O Campeonato Brasileiro de Trial conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e Belotur, Apoio: Infraero e Instituto Estrada Real, Supervisão: FMEMG e CBM e realização da Moto Trial Brasil.

Por Leo Tavares direto da pista do Carlos Prates.

 

 

Neste fim de semana, do dia 16 à 18/08/2019) o Aeroporto será tomado por outras maquinas voadoras. Vem aí a 2º Etapa do Brasileiro de Trial 2019. São esperados os melhores pilotos do país em solo mineiro.

E no Moto Trial, o objetivo é passar pelos obstáculo sem colocar o pé no chão. O piloto que realizar o maior número de manobras sem descer da moto, ganha a prova na somatória de pontos.

Entrada gratuita através de convites pelo site do Sympla.com.br

Então anote aí na sua agenda e venha ver de perto os feras das duas rodas.

Fique por dentro:
16 de Agosto - Treinos Livres - Horário: 16:00 às 18:00.
17 de Agosto – 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Moto Trial 2019 - Horário: 10:00 às 16:00.
18 de Agosto - Curso para Pilotos e Entusiastas - Horário: 10:00 às 16:00 
Entrada Franca – Retire seu convite no site sympla.com.br
Informações: (31)2552-0399 / [email protected]
Local: Aeroporto Carlos Prates
Entrada Pela Rua Ocidente, 100 - Belo Horizonte/MG

O Campeonato Brasileiro de Trial conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e Belotur, Apoio: Infraero e Instituto Estrada Real, Supervisão: FMEMG e CBM e realização da Moto Trial Brasil.
#bhsurpreendente #belotur #Infraero #InstitutoEstradaReal #FMEMG #CBM#MotoTrialBrasil #infraeroaeroportos #janelainfraero #institutoestradareal #estradareal
@bhsurpreendente @belotur @Infraero @InstitutoEstradaReal @FMEMG @CBM @MotoTrialBrasil @Prefeitura de Belo Horizonte Infraero Aeroportos @institutoestradareal @estradareal

Por Leo Tavares direto da redação.

O Campeonato Paranaense de Enduro de Regularidade realiza as 9ª e 10ª etapas da temporada 2019 neste domingo, dia 18 de agosto, durante o XVIII Enduro Cidade de Palmeira. O evento celebra os 200 anos do município, distante 80 quilômetros da capital, Curitiba. A expectativa da organização é que cerca de 120 pilotos, representantes de todo o estado, compareçam no desafio. “

É a maior e mais tradicional prova dos Campos Gerais. Ela se caracteriza pela alta qualidade da planilha e roteiro”, destaca o promotor, Julio Gumy. Entre os já inscritos está Emerson ‘Bombadinho’ Loth, heptacampeão estadual e atual líder da categoria principal, a Master. “Tenho um grande carinho pela competição e estou animado com a possibilidade de mais um troféu. 

Agora é manter a cabeça no lugar para conquistar a vitória”, comenta. Serão aproximadamente 135 quilômetros de navegação, passando por estradas secundárias de Palmeira e Porto Amazonas. O roteiro tem predominância de terreno arenoso, cruzando diversas trilhas em mata nativa, áreas de reflorestamento e lavouras. O público pode acompanhar tudo de perto no Parque de Rodeios Caminho das Tropas, local que serve como base. O acesso é gratuito. 

A programação inicia com o parque fechado, às 8h, e as largadas ocorrem a partir das 9h. O primeiro piloto deve chegar ao neutro às 12h10 e encerrar sua prova às 14h30. A

s inscrições seguem abertas, mas precisam ser realizadas antecipadamente, através do link https://fprm.com.br/inscricao/13165. 

O investimento é de R$ 150 para todas as categorias, exceto para a Trail Turismo, na qual o custo é de R$ 100.

Classificação

Master

1) Emerson Loth - 297 pontos
2) Jony Stachechen - 284 pontos
3) Eduardo Hiert - 271 pontos
4) Tiago Kudlavies - 255 pontos
5) Alessandro Costa - 232 pontos

Senior

1) Pericles Dutra - 260 pontos
2) Anderson Muller - 257 pontos
3) Julio Moreira - 256 pontos
4) Veroni Elger - 217 pontos
5) Alexei Morastoni - 215 pontos

Over 40

1) Claudio Hiert - 263 pontos
2) Marcio Gaideski - 259 pontos
3) Marcio Souza - 207 pontos
4) Dagomar Slongo - 134 pontos
5) Alessandro Costa - 75 pontos

Over 50

1) Luiz Felipsen - 291 pontos
2) Rosni Ferreira - 254 pontos
3) Marcos Szymiwski - 244 pontos
4) Dagomar Slongo - 169 pontos
5) Nereu Paludo - 86 pontos

Junior

1) Bruno Muller - 287 pontos
2) Gedeon Zilli - 262 pontos
3) Vitor Neto - 137 pontos
4) Denilson Barcik - 94 pontos
5) Altino Hey - 72 pontos

Novato

1) Eduardo Fronza - 300 pontos
2) Wagner Rosa - 75 pontos
3) Rodrigo Carloto - 75 pontos
4) Robson Costa - 72 pontos
5) Rodrigo Otto - 69 pontos

Serviço: Campeonato Paranaense de Enduro de Regularidade

Etapas: 9 e 10
Data: 18 de agosto, às 8h
Local: Caminho das Tropas - Palmeira
Inscrições: https://fprm.com.br/inscricao/13165 - R$ 100 para a Trail Turismo e R$ 150 para as demais classes
Ingressos: Gratuito

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Daniela Burgonovo e foto de Janjão Santiago.

Vitória na penúltima etapa mantém piloto KTM Sacramento na briga pelo título nacional

Emerson Loth, o Bombadinho, deu show na quarta e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade 2019. Neste fim de semana, dias 10 e 11 de agosto, o piloto da equipe KTM Sacramento conquistou uma vitória maiúscula no Desafio das Torres, em Paraíba do Sul (RJ).

As trilhas de terreno duro prevaleceram nos cerca de 260 quilômetros de prova. "Venci as duas etapas de sábado e no domingo venci a da manhã, mas de tarde dei uma erradinha e terminei em terceiro. Então fiz três primeiros e um terceiro ganhando a prova no geral", comentou Loth que segue forte na disputa pelo título de campeão brasileiro com a KTM 350 EXC-F.

O resultado da rodada deixou os três primeiros colocados do campeonato bastante próximos na classificação. "Consegui levar a disputa para a final. A diferença é pouca, ninguém depende do resultado do outro para ser campeão, apenas do próprio desempenho", explicou o paranaense que permanece em terceiro na competição, mas reduziu em 31 pontos a diferença para o líder da temporada.

A quinta e última etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade está prevista para os dias 28 e 29 de setembro, em Corumbá (MS). Emerson Loth conta com patrocínio da KTM Sacramento.

Resultado da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade:

Master
1. Emerson Loth, 95 pontos - KTM Sacramento
2. Luiz Felipe Zavarize, 87 pontos
3. Dário Júlio, 74 pontos
4. Wesley de Macedo, 68 pontos
5. Jomar Grecco, 64 pontos

Classificação geral do campeonato após quatro etapas:

Master
1. Jomar Grecco, 340 pontos
2. Luiz Felipe Zavarize, 332 pontos
3. Emerson Loth, 329 pontos - KTM Sacramento
4. Dário Júlio, 248 pontos
5. Wesley de Macedo, 211 pontos

Por Leo Tavares com a colaboração da Publix e foto de Angelo Savastano.

A cidade de Corumbá, localizada em Mato Grosso do Sul na tríplice fronteira (Brasil, Paraguai e Bolívia), será palco da decisão do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade dias 28 e 29 de setembro e vai revelar o Campeão da temporada 2019.

O cenário foi definido após a etapa deste fim de semana (10 e 11), realizada em Paraíba do Sul (RJ) pela penúltima etapa do Brasileiro, onde Jomar Grecco entrou e saiu líder, mas terá que aguardar a final para se consagrar Tetracampeão Brasileiro da modalidade, que só existe no Brasil e foi criada em Minas Gerais no final dos anos 70.

Grecco é piloto oficial da Yamaha O2BH Racing e compete na categoria principal (Máster) com uma WR 450F. Na etapa Fluminense teve problemas e terminou em 4º lugar, resultado que será descartado, uma vez que em Corumbá, o regulamento do Campeonato não permite descarte. Até a etapa de Paraíba do Sul o piloto venceu todas as etapas.

Fábio Amaral, representante da Yamaha na Categoria Brasil, já foi campeão antecipado na etapa anterior e não participou por problemas de saúde. Antes do desafio final, Jomar e Fabinho estarão no Enduro da Independência em busca de mais títulos.

Os pilotos da Yamaha O2BH Racing transportam seus materiais de corrida nas malas de equipamento Ogio e vão utilizam os óculos Dragon, botas Gaerne e o conjunto calça, camisa e luvas ASW, além de brace MrPró.

Nas motos da equipe, além da completa linha de lubrificantes Motul, as suspensões são preparadas pela W-Tech Brasil, as coroas fabricadas pela Durag, os escapamentos Foco Racing, guidãos Protaper, BR Parts componentes e correntes DID. Já os plásticos e protetores são da Circuit, com gráficos Alex Design. 

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Flávio Bergman e foto de Janjão Santiago.

Não é exagero afirmar que o Enduro da Independência sempre lança tendências desde sua criação, em 1983. A prova de regularidade, criada para desbravar as trilhas percorridas por D.Pedro até as Minas Gerais em busca de apoio para declarar a independência do país, se transformou no primeiro grande evento do fora de estrada brasileiro.

Capaz de resistir ao tempo com o mesmo fascínio e se reinventar ao longo dos anos. Com percursos que atravessaram boa parte da região Sudeste e, a cada edição, trazem um desafio diferente.

Na 37ª, os participantes sairão de Ubatuba, Litoral Norte de São Paulo, encarando a Serra do Mar, rumo a Lavras, Sul de Minas, e a Serra da Mantiqueira, com direito a paradas em Itajubá e na estância hidromineral de Caxambu. Mais uma aventura do mar às montanhas.

Mas a principal novidade da edição 2019 do mais tradicional enduro do país diz respeito a outro aspecto importante da prova: a nomenclatura das categorias, para facilitar a identificação do público e valorizar o nível técnico de cada participante. Nos últimos anos, prevalecia a divisão válida nas outras disputas da modalidade.

Os melhores reunidos na Master; os pilotos em nível intermediário na Sênior; os estreantes na Júnior, e assim por diante.

O que causava certa confusão já que, diferentemente do que possa parecer, Sênior e Júnior não têm qualquer relação com idade, mas experiência. Pois, a partir de agora, a Master passa a se chamar Elite; a Sênior se transforma em Graduado e a Júnior em Intermediária.

Além disso, a primeira categoria por faixa etária (anteriormente Over 40) agora é apenas Over.

Confira todas as categorias da prova:
ELITE (antiga Master)
GRADUADO (antiga Sênior)
OVER (antiga Over 40)
BRASIL
DUPLA GRADUADO
OVER 45
OVER 50
INTERMEDIÁRIA (antiga Junior)
DUPLA INTERMEDIÁRIA
DUPLA OVER 35
OVER 55
OVER 60
FEMININO
NOVATOS
BRASIL INICIANTES
DUPLAS ESTREANTES

As inscrições, sempre é bom lembrar, são limitadas a 300 pilotos.
Para participar, acesse o link abaixo e inscreva-se:
http://www.ipesoffroad.com.br/eventos/enduro-da-independencia/

O Enduro da Independência conta com o patrocínio da Honda Brasil, Pro Tork Racing Development, Yamaha Racing, Totem, Rinaldi Pneus, Menta Motos, ASW Racing, By Moto - A casa da Honda, Cervejaria Backer, Slin Graphics, BMP Special Parts e apoio das Prefeituras Municipais de Ubatuba/SP, Itajuba/MG, Caxambu/MG e Lavaras/MG.

Enduro da Independência 2019
Programação
03/09
Entrega de Material e Largada Promocional Ubatuba/SP
04/09
Ubatuba/SP a Itajubá/MG
05/09
Itajubá/MG a Caxambu/MG
06/09
Caxambu/MG a Caxambu/MG
07/09
Caxambu/MG a Lavras/MG

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Rodrigo Gini.

A penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Regularidade será realizada neste sábado e domingo (10 e 11), em Paraíba do Sul (RJ), cidade localizada na divisa com Minas Gerais. Com 31 pontos de vantagem para o segundo colocado, o líder na categoria principal Jomar Grecco chega em busca de ampliar a diferença e seguir com tranquilidade para a final, em setembro, no Mato Grosso do Sul e, assim garantir o Tetracampeonato.

O piloto de Domingos Martins/ES guia uma Yamaha WR 450F e representa a equipe oficial da marca japonesa no Brasil, Yamaha O2BH Racing. Jomar busca o segundo título para a equipe no Regularidade nesta temporada. Fábio Amaral, companheiro de time na categoria Brasil, foi campeão na etapa anterior e não participa do evento fluminense devido a uma forte gripe.

A prova será o 6º Enduro das Torres, o percurso nos dois dias terá quase 300 km, com muitas subidas e decidas, em terreno bastante montanhoso no entorno das torres de transmissão da região. A base do evento será na Praça da Marquês de São João Marcos no centro da cidade. A largada do primeiro piloto está prevista para as 9h30m do sábado e as 8h de domingo.

Jomar e Fabinho transportam seus materiais de corrida nas malas de equipamento Ogio e vão utilizam os óculos Dragon, botas Gaerne e o conjunto calça, camisa e luvas ASW, além de brace MrPró.

Nas motos da equipe, além da completa linha de lubrificantes Motul, as suspensões são preparadas pela W-Tech Brasil, as coroas fabricadas pela Durag, os escapamentos Foco Racing, guidãos Protaper, BR Parts componentes e correntes DID. Já os plásticos e protetores são da Circuit, com gráficos Alex Design.

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Flávio Bergman e foto de Janjão Santiago

Piloto da equipe KTM Sacramento chegou perto do bicampeonato na competição

Emerson Loth, o Bombadinho, chegou muito próximo de conquistar o bicampeonato no Ibitipoca Off Road. O paranaense foi vice-campeão da histórica 30ª edição da prova, que, nos dias 3 e 4 de agosto, reuniu mais de 560 motos nas trilhas das cidades mineiras de Juiz de Fora, Lima Duarte e Conceição do Ibitipoca.

O piloto da equipe KTM Sacramento dominou a maior parte da competição, mas deixou a vitória escapar por um detalhe. "Das quatro etapas da prova venci três, mas, após cometer um erro de navegação, terminei uma delas em 10º e isso me prejudicou bastante. A prova foi bem legal, com 8h no primeiro dia e 7h30 no segundo, quilometragem longa (ao redor de 400 km no total) e muita trilha técnica. Infelizmente esse erro acabou me tirando a vitória, mas isso faz parte", comentou.

Na classificação final da categoria Master, a principal do evento, Loth somou 86 pontos, ficando a apenas três de renovar o título com a KTM 350 EXC-F.

Agora ele se prepara para disputar a penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade neste fim de semana, dias 10 e 11, na cidade de Paraíba do Sul (RJ). Emerson Loth conta com patrocínio da KTM Sacramento.

Resultado da 30ª edição do Ibitipoca Off Road

Master
1. Tunico Maciel, 89 pontos
2. Emerson Loth, 86 pontos - KTM Sacramento
3. Luiz Felipe Zavarize, 74 pontos
4. Rodrigo Souza, 66 pontos
5. Jomar Grecco, 66 pontos

Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração da Publix e foto de Angelo Savastano.

Zéphyr, que usa o Can-Am X3 como base, tem carroceria de carbono e está disponível para compra ou aluguel já para o Dakar 2020

A empresa PH Sport, líder na França na construção, preparação e aluguel de carros de rali, como o WRC e Dakar, acaba de lançar no mercado o UTV "Zéphyr", que tem como base o Can-Am Maverick X3, carroceria de carbono e é considerado o modelo mais avançado que existe hoje no mercado. O Zéphyr estará disponível para aluguel ou venda já para o Dakar 2020, na Arábia Saudita.

Instalada em 4.700 metros quadrados na cidade de Langres, na França, 42 funcionários diretos, 24 veículos para assistência em ralis e tendo uma lista campeã de "clientes", como Sébastien Loeb, Sébastien Ogier e Robert Kubica, a PH Sport foi responsável pela preparação do carro de Loeb no Dakar 2019.

A PH Sport começou no rali cross country alugando os Peugeots a partir de 2016 e ajudou Khalid Al Qassimi a chegar em sexto lugar no Dakar 2018 e a Sébastien Loeb ao pódio no Dakar de 2019.

O Zéphyr destaca-se entre os UTVs tradicionais graças à carroceria de carbono leve montada em um chassi tubular homologado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), criando uma alternativa econômica e adequada em relação aos carros da categoria T1.

O Zéphyr usa amortecedores BOS de três vias com paradas hidráulicas de compressão e ressalto, molas ultraleves, e tem chicote elétrico que permite a instalação da ECU. Conta ainda com um painel central eletrônico e sistema de aquisição de dados. O motor, com restritor de ar, é o original do Can-Am X3 para respeitar os regulamentos da FIA.

Essas modificações, combinadas com bancos de carbono, mantêm o peso abaixo de 900 quilos (com um estepe). O Zéphyr terá disponível dois tipos de rodas com pneus da marca BF Goodrich, 14 e 15 polegadas, de acordo com as características de cada prova.

O Zéphyr foi testado na França e em Abu Dhabi por pilotos e campeões mundiais de várias categorias. Para o Dakar 2020, o cliente do novo UTV preparado pela PH Sport poderá contar ainda com o serviço "chave na mão". Ou seja, o piloto só precisa levar os equipamentos pessoais, como macacão e capacete, e a equipe cuidará de tudo, como manutenção, regulamentos técnicos e esportivos, e toda a logística.

"Estamos muito entusiasmados com este novo desafio, já que a maioria dos vinte veículos na primeiro lote já foi comprada ou alugada. Investimos todo o nosso conhecimento na produção do Zéphyr, o UTV mais avançado disponível hoje. É econômico, confiável e é uma ótima alternativa para os veículos T1. Estamos lidando com este novo capítulo em nossa história com humildade, pois ainda temos muito a aprender. Gostaríamos de agradecer aos competidores que escolheram se juntar a nós e depositaram a confiança nesse novo projeto”, afirma Bernard Piallat, gerente da PH Sport.
"PH Zéphyr" - Especificações técnicas
Base: Can-Am Maverick X3
Chassi: tubular, homologado pela FIA
Carroceria: carbono
Dimensões: largura aumentada para 2,1 metros
Amortecedores: o mais recente BOS de três vias com paradas hidráulicas de compressão e ressalto, sistema CAS e FCS e molas ultraleves
Rodas: de 14 e 15 polegadas (de acordo com as características de cada evento) e pneus BF Goodrich
Peso: 900 kg (com um estepe)
Eletrônica: ECU, painel de controle, aquisição de dados e caixa de alimentação MoTec
Tanque de combustível: 130 litros, com recipiente de carbono/kevlar
Mais: bateria de lítio e bancos de carbono

PH SPORT
Tel .: +33 325 87 27 92
Mais informações: [email protected]
Site: www.ph-sport.com
Facebook: PH Sport
Twitter: @ph_sport
Instagram: @ph_sport
Por Leo Tavares direto da redação com a colaboração de Ricardo Ribeiro.

O Aeroporto Carlos Prates na Capital Mineira receberá novamente os melhores pilotos para a segunda rodada do Campeonato Brasileiro de Trial 2019 entre os dias 16 e 18 de agosto. São esperados competidores de todo o Brasil em uma prova de desafiar a gravidade. Entre eles os mineiros Leonardo Martins e Guilherme Magno, o carioca Wladymir Jasinsky e o Paranaense Leandro Basseto entre outros feras da modalidade.

Com o traçado repleto de obstáculos como carretéis, rampas, manilhas e pneus, o objetivo do piloto é passar por eles sem colocar o pé no chão. O competidor que realizar as manobras com o menor número de erros, leva o troféu de campeão. São 3 categorias: Super, Avançados e Novatos.

Então anote aí na sua agenda e venha ver de pertos os feras das duas rodas.

Fique por dentro:
16 de Agosto - Treinos Livres - Horário: 16:00 às 18:00.
17 de Agosto – 2ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Moto Trial 2019 - Horário: 10:00 às 16:00.
18 de Agosto - Curso para Pilotos e Entusiastas - Horário: 10:00 às 16:00
Entrada Franca – Retire seu convite no site sympla.com.br
Informações: (31)2552-0399 / [email protected]
Local: Aeroporto Carlos Prates
Entrada Pela Rua Ocidente, 100 - Belo Horizonte/MG

O Campeonato Brasileiro de Trial conta com o patrocínio da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte e Belotur, Apoio: Infraero e Instituto Estrada Real, Supervisão: FMEMG e CBM e realização da Moto Trial Brasil.

Por Leo Tavares direto da redação.