A sexta etapa do Campeonato Gaúcho Borilli de Enduro 2018 reuniu os melhores pilotos do Rio Grande do Sul neste domingo, dia 2, no Parque de Rodeios de Santa Tereza (RS). Com chuva intensa durante a semana que antecedeu a prova, o percurso ficou bastante técnico e exigente. Usando sua larga experiência nestas condições, Gustavo Pellin, da equipe KTM Sacramento, conquistou o primeiro lugar na Geral e na categoria E2. Foi a quarta vitória consecutiva do atleta de Caxias do Sul na atual temporada do estadual.

Apesar da melhora no clima no dia do evento, o percurso permaneceu extremamente escorregadio. "As trilhas estavam bem molhadas, os rios cheios e as três especiais com terreno liso, muitas pedras e barro, como é característico na região", explicou Pellin. "A primeira especial tinha uma descida longa e bastante pedra lisa. A segunda, com cerca de 11 minutos, exigiu bastante da parte física e, além das pedras, contou com muitas raízes. A terceira, que começava subindo, também tinha muitas raízes atravessadas e pedras".

Pellin determinou o ritmo da prova desde o início. "Andei bem na primeira volta cronometrada (após uma de reconhecimento), não errei, não caí e abri uma boa vantagem. Na segunda volta valendo, terceira e última da etapa, preferi não arriscar tanto, claro, forçando para manter a diferença e deu certo", completou o piloto que acelera uma KTM 350 EXC-F.

Outros quatro pilotos representaram a KTM Sacramento na competição e todos foram ao pódio: Maurício Rizzon foi o terceiro mais rápido na E2, Willian Palandi e Anderson Vieira foram segundo e quarto colocados na E1 enquanto Cassiano Tebaldi disputou a vitória na E40 finalizando a corrida no segundo lugar.

A sétima e penúltima etapa do Campeonato Gaúcho Borilli de Enduro 2018 está programada para o dia 7 de outubro em São Marcos. A equipe KTM Sacramento é patrocinada por KTM, Dafra, Borilli Racing, Motul, Alpinestars, Bell, 100% e Edgers.

Resultados dos pilotos KTM Sacramento na sexta etapa do Campeonato Gaúcho Borilli de Enduro 2018:

Geral
1. Gustavo Pellin - KTM Sacramento

E2
1. Gustavo Pellin - KTM Sacramento
3. Maurício Rizzon - KTM Sacramento

E1
2. Willian Palandi - KTM Sacramento
4. Anderson Vieira - KTM Sacramento

E40
2. Cassiano Tebaldi - KTM Sacramento

Colaboração: Publix/

A edição 2018 do Enduro da Independência segue rumo às trilhas altas da Mantiqueira e promete ser a mais desafiadora em 36 anos de história. O evento inicia nesta quarta-feira, dia 5 de setembro, em Lavras (MG), com percurso de aproximadamente 600 quilômetros até a chegada no sábado, em Itajubá. A Rinaldi não apenas patrocinada a competição, como também estará acelerando com um time de peso, formado pelos pilotos Emerson “Bombadinho” Loth, Rigor Rico, Ripi Galileu e Bárbara Neves.

O primeiro dia será de alto nível técnico. Após largar no Lavras Shopping, os competidores passam por Itumirim e retornam ao mesmo local. Na segunda etapa, as pedras tomam conta do cenário. Saindo de Lavras, os atletas aceleram por Ingaí, São Tomé das Letras, Conceição do Rio Verde e Lambari. No dia seguinte, muita emoção, com mudança das pedras para o terreno liso. Eles partem de Lambari para Heliodora, Natércia e Itajubá. Por fim, o roteiro celebra o Regularidade, com os “balaios” entre subidas e descidas íngremes, saindo de Itajubá para Piranguçu, com volta ao meio dia.

Campeão de 2014, Bombadinho sonha com a conquista de mais um título na Master. “A expectativa é grande e o pensamento é de vitória. Mas sabemos que o desafio é longo e bastante difícil, mais que o físico, exige grande preparação mental. Espero manter a tranquilidade, conquistando pontos importantes a cada dia”, explica o tricampeão brasileiro de enduro de regularidade.

Os irmãos Rigor e Ripi, que venceram a Duplas Graduados no ano passado, buscam superação e também irão enfrentar a categoria principal. “Temos experiência no Enduro FIM, falta o domínio da planilha do Regularidade. Porém, compensaremos com técnica e velocidade. Usaremos os pneus Rinaldi HE 40, com bom desempenho em todos os tipos de terreno. Vamos para tentar a vitória e para nos divertir”, afirma Ripi.

Já Bárbara, que também é destaque nacional no Enduro FIM, fará sua primeira participação. “O Enduro da Independência é uma prova muito tradicional no cenário off road, cresci vendo meu pai participar e hoje é uma honra para mim. Vou disputar a Feminina. A modalidade é bem diferente do que eu estou acostumada, principalmente a navegação, mas espero me sair bem”, comenta.

Um grande diferencial do evento será o Box Rápido Rinaldi e Moto Point, que estará acompanhando a disputa, prestando assistência para todos os pilotos que utilizarem os produtos da marca, com preços especiais e montagem gratuita. A Rinaldi ainda preparou outras ações durante a competição, incluindo distribuição de brindes pelas promotoras e sessão de autógrafos com seus pilotos.

Colaboração e foto: ID Comunicação/Angelo Savastano