O palco da grande final da Copa EFX Brasil, no dia 11 de novembro, já está definido. A cidade de Mauá, na região metropolitana de São Paulo, volta a receber uma das competições mais prestigiadas do motociclismo nacional após um longo hiato de 10 anos. Cada volta da sexta e última etapa da Copa EFX 2018 terá cerca de 30 quilômetros pelas trilhas da região que, pela qualidade, deixaram saudades em muitos competidores.

"Vai ser uma prova muito legal, com muita trilha, incluindo algumas das que usávamos na Copa Pakato (competição precursora da EFX) como a da Fazenda Matarazzo, que margeia a represa Billings. É um lugar muito bonito, bacana de andar de moto e com muitas trilhas técnicas", adianta o organizador Fábio Simões, o Fabião do Adrenatrilha Trail Club.

Mesmo quem não teve a oportunidade de disputar as etapas anteriores terá muitos motivos para prestigiar a grande final da Copa EFX Brasil. Além das trilhas primorosas, a prova terá a estrutura do Grêmio Esportivo Mauaense como base para as equipes. Uma das especiais cronometradas está sendo preparada bem ao lado de onde serão montados os boxes, um ponto de fácil acesso ao público que poderá acompanhar bem de perto a passagem das motos e toda a técnica dos competidores.

A categoria Trilheiros (subdividida em Nacional e Importada) também terá novidades com o apoio da America Sports. A famosa loja paulistana está preparando uma surpresa que promete agradar bastante os pilotos.

Outra ação imperdível, válida para todas as categorias, é que os pilotos que efetivarem o pagamento da inscrição até o dia 8 de novembro ganharão uma camiseta exclusiva do evento. Para completar, o Grêmio Esportivo Mauaense sorteará títulos do clube entre os participantes da prova. Então, acelere para garantir sua inscrição pelo site www.megatrilha.com.br. Mais informações sobre a Copa EFX Brasil estão disponíveis no site www.adrenatrilha.com.br.

Serviço

Copa EFX Brasil - 6ª etapa (final)
Data: 11 de novembro de 2018
Cidade: Mauá (SP)
Local: Grêmio Esportivo Mauaense
Endereço: Rua Laudo Ferreira de Camargo, 160-292 - Parque São Vicente
Inscrições: antecipadas com desconto até o dia 8 de novembro
Ação social: cada competidor deve levar dois litros de leite que serão doados à famílias carentes da região
Informações: (11) 4513-5421 Adrenatrilha / (11) 99956-8006 Fábio Simões (Fabião)
Transmissão ao vivo: página do Adrenatrilha Trail Club no Facebook
Sites: www.adrenatrilha.com.br e www.megatrilha.com.br

Programação*

Sábado (10/11)
12h - Abertura para montagem dos boxes;
16h - Abertura da secretaria;
18h - Fechamento da secretaria.

Domingo (11/11)
7h - Abertura da secretaria;
7h30 - Início da vistoria técnica e entrada no parque fechado;
8h45 - Briefing técnico aos pilotos e equipes;
9h - Início das largadas com os primeiros pilotos;
10h - Fim da vistoria técnica e entrada no parque fechado / Fechamento da secretaria;
15h - Previsão da premiação aos campeões;
17h - Encerramento das atividades.

*Programação sujeita a alterações

Categorias
Elite (Força Livre) - Pilotos classificados no resultado geral do Campeonato Brasileiro e EFX Brasil.
E1 (Pró) - Motos até 150cc 2T e até 250cc 4T.
E2 (Pró) - Motos de 175cc até 250cc 2T e de 251cc até 450cc.
E3 (Pró) - Motos acima 251cc 2T e acima de 450cc 4T.
E4 (Pró) - Motos originalmente de até 28CV.
E35 (Força Livre) - Pilotos acima de 35 anos completados no ano.
E45 (Força Livre) - Pilotos acima de 45 anos completados no ano.
E50 (Força Livre) - Pilotos acima de 50 anos completados no ano.
E5 (Novato) - Motos até 150cc 2T e até 250cc 4T.
E6 (Novato) - Motos de 175cc até 250cc 2T e de 251cc até 450cc 4T.
E8 (Novato) - Motos originalmente de até 28CV.
EF (Força Livre) - Feminina.
Trilheiros Importada - Pilotos que nunca participaram de provas de enduro (motos importadas).
Trilheiros Nacional - Pilotos que nunca participaram de provas de enduro (motos nacionais).
Equipe - Soma dos três melhores tempos na geral de cada equipe.

A Copa EFX Brasil 2018 é realizada pelo Adrenatrilha Trail Club com o patrocínio da Honda, o co-patrocínio da IMS e o apoio da Motofield, Sig Visual, Tech Ride, Edgers, CrossFit Saúde, Jeri Adventure Ride, Art Video, Colorart, MR Pro, Gat Logística, Pró Moto, MR Segurança Eletrônica, America Sports, Prefeitura de Mauá, V8 Despachante, Della Vega Veículos, Suzantur e Stamparia Sports.

Colaboração e foto: Publix/Mauricio Arruda

A pacata cidade de Conceição do Mato Dentro, interior de Minas Gerais receberá neste fim de semana, 02 e 03 de novembro a grande final do Mineiro de Rally Baja. Considerada pelos pilotos do Campeonato Brasileiro e Mineiro como uma das melhores regiões do Brasil para a modalidade, a organização escolheu a dedo trechos inéditos para a última etapa

São esperados os melhores pilotos de todo estado e do país para uma disputa rápida e cheia de obstáculos, passando por pequenos riachos, estradas de terra e muito saltos. Cada etapa de prova contará como uma etapa do campeonato e todos os inscritos devem esta com a licença FMEMG/FMA válida para 2018.

E ai, bora lá pro CMD, que a cidade novamente prepara uma grande recepção aos pilotos. Afinal  são 50 pontos em jogo valído pela final do Campeonato!

Inscrições em www.rallymakers.com.br

Programação 02/11 :

  • 12:00h – Abertura da secretaria;

  • 13:00h as 18:00h – vistorias técnicas FMEMG/FMA;

  • 18:30h às 19:30h – vistorias com multa (1 UP);

  • 19:30h – Fechamento da Secretaria;

  • 20:00h – Briefing * levantamento das SS exclusivo para a categorias Carros Cross Country será monitorado pela organização e divulgado em adendo;

Programação 03/11 :

  • 7:30h – Largada prevista da etapa 1

  • 12:30h – Largada prevista da etapa 2

  • 20:30h – Festa de premiação da prova e do Campeonato Mineiro

  • Por Leo Tavares direto da redação.

Depois de quatro grandes corridas em Curvelo/MG ao longo do ano, o GP Gerais chega a sua última etapa no dia 04/11. A grande final da temporada promete pegas eletrizantes entre os pilotos em busca de um lugar  ao podium.

Além de fechar a temporada do Mineiro de Motovelocidade, o GP Gerais também será palco da final do Campeonato Brasileiro da Modalidade que contará com a participação do melhores pilotos do país.

Na categoria 300 Master, o piloto Josué "Buxexa" Ferreira lidera o campeonato, seguido José Barros enquanto na Categoria 300 Sport, o líder Bruno César  busca manter a liderança, seguido do piloto Diego Hilel.
Na 600 Supersport Michel Velludo já garantiu o título de 2018, seguido de Eduardo Barros em disputa pelo vice-campeonato com Antonio Franzen em 3º.

O mineiro de Governador Valadares, Jirios Abboud campeão Brasileiro na categoria Superbike Master irá disputar a última etapa seguido do Vice, Nestore Guarino.

E o piloto mais rápido do circuito até o momento, Danilo Lewis busca manter a liderança da categoria Superbike, seguido  de Ian "Testa" Vasconcelos em 2º e Gabriel Zampollo em 3º o que pode mudar na última corrida do ano.

Para Marcus “Tucano”, um dos organizadores do GP Gerais “a temporada 2018 foi repleta de velocidade e adrenalina. Durante todo o ano, contamos com a presença dos melhores pilotos do Brasil em solo mineiro e recebemos duas das etapas do Campeonato Brasileiro com essa agora no fim de semana. Sem dúvida o circuito dos Cristais em Curvelo surpreendeu os pilotos de todo o país pela sua pista, segurança e organização. Que venha 2019” conclui Tucano. 

Para saber mais acesse: www.gpgerais.com

Por Leo Tavares direto da redação.

 

Em decisão dramática diante de 14 mil pessoas, piloto da Mercedes-Benz conta com problemas do rival Roberval Andrade - que ainda perderia o terceiro lugar no campeonato para Renato Martins; fora da briga Felipe Giaffone vence as duas corridas.

Evitando o temporal previsto para o início da tarde na região de Curvelo (MG), a Copa Truck entregou uma de suas etapas mais disputadas para as 14 mil pessoas que compareceram na manhã de domingo no Circuito dos Cristais. Além de duas corridas imprevisíveis, um novo campeão foi coroado nesta temporada: André Marques. Já as duas vitórias ficaram nas mãos de Felipe Giaffone.

Piloto mais consistente do ano, Marques chegou a Minas Gerais na vice-liderança da Copa Sudeste, seis pontos atrás de Roberval Andrade. Contudo, uma série de problemas envolvendo o rival o deixou em uma situação um pouco mais favorável, mas não menos tranquila, uma vez que um drive-through na primeira prova e uma perda de rendimento na segunda acenderam a luz de alerta nos boxes de sua equipe. "Foi pra lavar a alma!", descreve. "É o que falo faz tempo, é muito trabalho, dedicação, esforço, tudo, e o resultado foi esse. Chegamos com problemas desde sexta no caminhão, ajustamos ontem e fizemos uma prova com a cabeça, controlando todos os parâmetros de segurança do caminhão. Tivemos uma regularidade exemplar. Um título já chegou e o outro está na mira", completa.

No entanto, Roberval não estava no seu fim de semana: desclassificação por problemas de fumaça o jogaram para o fundo do grid; em seguida, um problema o fez ficar a maior parte da primeira corrida nos boxes. Por fim, na prova complementar, o piloto da Scania ficou preso em uma batalha com Débora Rodrigues pelo oitavo lugar. Quando se desvencilhou de Débora, no entanto, já era tarde demais. "Já larguei com problemas. Salvar esses oito pontos, no fim das contas, acabou sendo a salvação de um fim de semana difícil. O prejuízo foi pequeno perto do que poderia ter acontecido."

Com um sétimo e um quarto lugares, Marques fechou a Copa com 59 pontos, enquanto Roberval ainda perderia o vice-campeonato para Renato Martins, o aniversariante do dia, que completou 60 anos com a última vaga para a final, marcada para dezembro em Curitiba. "Foi um presentão maravilhoso. Já tava pensando no terceiro, mas o vice foi melhor ainda! Agora vamos curtir!"

Alheio a tudo isso, Felipe Giaffone conseguiu reverter um fim de semana difícil, largando de 13º e transformando isso em duas vitórias, repetindo o feito de Buenos Aires ao ser o único piloto no ano a vencer as duas provas de uma etapa. Sem chance de campeonato, ele correu sem nenhuma pressão e isso acabou representado no resultado da etapa. "Foi legal demais. Juro que não esperava. Ontem tivemos problemas com fumaça, meu caminhão não estava muito bem acertado mas hoje acertei em cheio. A primeira corrida teve um pouco de sorte, mas a segunda foi bom demais".

Com isso, estão classificados para a final os seguintes pilotos: Marques (128 pontos), Roberval (126), Giaffone (124), Wellington Cirino (122), Martins (110) e Giuliano Losacco (110). "Eu imagino e sonho com esse título Brasileiro. E vou lutar por ele com todas minhas forças", afirma o líder Marques. "Fui campeão pela primeira vez em Curitiba e pretendo ganhar meu primeiro título da Truck lá", destaca Roberval. "Vai ser apertado e teremos a certeza de um grande show. A Copa Truck merece", completa Cirino.

A grande decisão da Copa Truck está marcada para o dia 2 de dezembro, em Curitiba (PR).

 

Classificados para a Grande Final:

1. André Marques, 128 pontos
2. Roberval Andrade, 126
3. Felipe Giaffone, 124
4. Wellington Cirino, 122
5. Giuliano Losacco, 110
6. Renato Martins, 110

Classificação final da Copa Sudeste:
1. André Marques, 59 pontos
2. Renato Martins, 51
3. Roberval Andrade, 48
4. Witold Ramasauskas, 46
5. Felipe Giaffone, 40
6. Luciano Burti, 34
7. Danilo Dirani, 32
8. Fabio Fogaça, 31
9. Rodrigo Belinati, 29
10. Wellington Cirino, 27
11. Debora Rodrigues, 27
12. Beto Monteiro, 24
13. Leandro Totti, 23
14. Adalberto Jardim, 22
15. Rogerio Castro, 20
16. Regis Boessio, 20
17. Alex Fabiano, 17
18. Luiz Lopes, 10
19. Duda Bana, 10
20. Pedro Paulo, 6
21. Giuliano Losacco, 0
22. Djalma Fogaça, 0

Resultado da corrida 1:
1. Felipe Giaffone (Volkswagen), 14 voltas em 25min55s067
2. Regis Boessio (Volvo), a 0s374
3. Danilo Dirani (Mercedes-Benz), a 5s708
4. Witold Ramasauskas (MAN), a 15s375
5. Beto Monteiro (Iveco), a 16s816
6. Renato Martins (Volkswagen), a 33s618
7. André Marques (Mercedes-Benz), a 34s400
8. Leandro Totti (Scania), a 34s911
9. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 38s736
10. Rodrigo Belinati (Volkswagen), a 40s718
11. Adalberto Jardim (Ford), a 55s380
12. Debora Rodrigues (Volkswagen), a 56s390
13. Duda Bana (Volvo), a 1min17s751
14. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), a 1 volta
15. Luiz Lopes (Iveco),a 1 volta

Não completaram:
Djalma Fogaça (MAN), a 7 voltas
Roberval Andrade (Scania), a 8 voltas
Giuliano Losacco (Iveco), a 11 voltas
Fabio Fogaça (Ford), a 11 voltas

Melhor volta: Danilo Dirani, 1min48s147

Resultado da corrida 2:
1. Felipe Giaffone (Volkswagen), 14 voltas em 25min47s603
2. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 0s772
3. Danilo Dirani (Mercedes-Benz), a 10s695
4. André Marques (Mercedes-Benz), a 13s342
5. Leandro Totti (Scania), a 14s174
6. Renato Martins (Volkswagen), a 34s195
7. Beto Monteiro (Iveco), a 34s850
8. Roberval Andrade (Scania), a 52s733
9. Debora Rodrigues (Volkswagne), a 54s679
10. Witold Ramasauskas (MAN), a 55s976
11. Luiz Lopes (Iveco), a 57s991
12. Fabio Fogaça (Ford), a 1min00s481
13. Duda Bana (Volvo), a 1min00s589
14. Rodrigo Belinati (Volkswagen), a 1 volta

Não completaram:
Adalberto Jardim (Ford), a 9 voltas
Regis Boessio (Volvo), a 12 voltas
Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), a 14 voltas
Djalma Fogaça (MAN), não largou
Giuliano Losacco (Iveco), não largou

Melhor volta: Felipe Giaffone, 1min47s705

Colaboração e foto: Bruno Vicaria/Duda Bairros/Copa Truck

Piloto da Honda Racing fecha penúltima etapa em segundo lugar da classe de elite da competição, mantendo a vice-liderança da tabela. O paulista Hector Assunção foi o destaque da equipe Honda Racing na quarta e penúltima etapa do Arena Cross Brasil, realizada na noite deste sábado (27) em Lençóis Paulista (SP). Depois de vencer a corrida inicial, o piloto fechou as disputas da categoria Pró em segundo lugar, mantendo a vice-liderança da tabela.   

Assunção começou a etapa com força máxima. Fez o melhor tempo dos treinos qualificatórios, o que o credenciou para a disputa do Duelo 1x1 com o paranaense Jean Ramos. O paulista venceu o desafio, garantindo dois pontos extras na tabela, e liderou a primeira corrida da Pró de ponta a ponta.

Na segunda bateria, quando estava em segundo lugar, sofreu uma queda que o colocou nas últimas colocações. Mesmo assim, o piloto finalizou a corrida em quarto lugar, o que garantiu a segunda posição da categoria Pró na etapa.

“O dia começou bem para mim, venci o Duelo 1 x 1 e a primeira bateria. Estava muito confiante para a segunda corrida, o objetivo era vencer a terceira etapa seguida do Arena Cross, mas levei um tombo e ficou difícil recuperar”, contou Assunção, que acelera e motocicleta Honda CRF 450R.

A 11 pontos do líder da Pró, o português Paulo Alberto, o piloto da Honda Racing promete lutar até o final. “O objetivo é fazer a minha parte e vencer a final, enquanto houver chances eu vou lutar pelo título”, concluiu.

A data e o local da última etapa do Arena Cross serão anunciados em breve pela organização do evento. A equipe Honda Racing de Motocross conta com o patrocínio de Honda, Alpinestars, Bell, D.I.D e Mobil.

Resultados Arena Cross Brasil 2018 - 4ª etapa
Categoria Pró - Soma das duas baterias
1 - Paulo Alberto - 37 pontos
2 - Hector Assunção - 35 pontos - Honda CRF 450R
3 - Jean Ramos - 31
4 - Humberto Martin - 30
5 - Dudu Lima - 17

Categoria Pró - 1ª Bateria
1 - Hector Assunção - Honda CRF 450R
2 - Paulo Alberto
3 - Jean Ramos
4 - Humberto Martin  
5 - Lucas Dunka - Honda CRF 450R

Categoria Pró - 2ª Bateria
1 - Paulo Alberto
2 - Humberto Martin
3 - Jean Ramos
4 - Hector Assunção - Honda CRF 450R
5 - Jetro Salazar - Honda CRF 450R

Classificação da categoria Pró após quatro etapas
1 - Paulo Alberto - 146 pontos
2 - Hector Assunção - 135 pontos - Honda CRF 450R
3 - Jean Ramos - 129
4 - Humberto Martin - 120
5 - Lucas Dunka - 69 - Honda CRF 450R​. 

Colaboração e foto: Mundo Press/Idário Café

No Circuito dos Cristais, piloto da Mercedes-Benz coloca meio segundo em seu concorrente mais próximo; postulantes ao título da Copa Sudeste adotam início de atividades mais cauteloso.

O primeiro dia da história da Copa Truck em Minas Gerais, que contou com muito sol e céu azul, viu Wellington Cirino estabelecer o tempo de referência a ser batido pelos concorrentes no Circuito dos Cristais.

A bordo de seu Mercedes-Benz dourado, o campeão da Copa Sul e já garantido na Grande Final registrou a marca de 1min46s585, colocando mais de meio segundo de diferença sobre o segundo colocado, Felipe Giaffone, da Volkswagen, outro vencedor de copas (Mercosul e Centro-Oeste).

"O caminhão se mostrou bom no primeiro treino, mas decidimos fazer uma mudança radical no segundo e ele acendeu legal. Estou muito contente e agora é só afinar alguns detalhes no último treino livre e estamos preparados", destacou Cirino. Já Giaffone terá, além de Cirino, um outro rival para superar: "Estou com um restritor de velocidade e isso está dificultando um pouco a caça ao Cirino, mas ainda temos mais um treino para evoluir e tirar mais essa diferença."

A grata surpresa do dia foi o terceiro lugar de Danilo Dirani após ficar de fora da etapa anterior, no Uruguai, por conta de um acidente nos treinos livres na ocasião. "Começamos praticamente do zero. Desmontamos tudo depois da batida e zeramos todos os acertos, começamos tudo de novo. E estou feliz, dá para evoluir mais", assegura o vencedor das duas corridas realizadas em Goiânia.

Atual líder da Copa Sudeste que está em jogo no interior de Minas, Roberval Andrade começou o fim de semana de forma discreta em quarto lugar, sem forçar muito, com Beto Monteiro e Regis Boessio completando a lista dos seis melhores. Principal rival de Roberval pela Copa, André Marques fechou a sexta-feira em nono lugar, também sem exagerar: "Optei por trocar algumas coisas no caminhão e poupar para amanhã, que é quando vale."

A Copa Truck retoma suas atividades amanhã (já com a presença do público) às 8h50 com o terceiro treino livre. A tomada de tempos, com transmissão ao vivo pelas redes sociais da categoria, acontece às 12h20, enquanto o público poderá conhecer de perto as máquinas a partir das 15h30, com a visitação aberta a todos os portadores de ingressos.

Confira abaixo os tempos consolidados da sexta-feira:

1. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 1min46s585
2. Felipe Giaffone (Volkswagen), 1min47s128
3. Danilo Dirani (Mercedes-Benz), 1min46s572
4. Roberval Andrade (Scania), 1min47s801
5. Beto Monteiro (Iveco), 1min48s126
6. Regis Boessio (Volvo), 1min47s269
7. Leandro Totti (Scania), 1min48s772
8. Renato Martins (Volkswagen), 1min49s178
9. André Marques (Mercedes-Benz), 1min49s302
10. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), 1min50s489
11. Adalberto Jardim (Ford), 1min50s752
12. Djalma Fogaça (MAN), 1min50s777
13. Fábio Fogaça (Ford), 1min51s694
14. Witold Ramasauskas (MAN), 1min51s778
15. Luiz Lopes (Iveco), 1min51s869
16. Duda Bana (Volvo), 1min52s109
17. Rodrigo Belinati (Volkswagen), 1min52s563
18. Giuliano Losacco (Iveco), 1min52s715
19. Debora Rodrigues (Volkswagen), 1min53s695

Programação completa dos próximos dias:

Sábado, 27 de outubro
08h50 - 09h40: Copa Truck - Treino Livre 3
10h10 - 10h40: Mercedes-Benz Challenge - Treino Livre 4 CLA AMG Cup
10h50 - 11h20: Mercedes-Benz Challenge - Treino Livre 4 C250 Cup
11h30 - 12h10: Mercedes-Benz Challenge - Treino Livre 5
12h20 - 13h20: Copa Truck - Classificação
13h30 - 13h50: Mercedes-Benz Challenge - Classificação CLA AMG Cup
13h55 - 14h15: Mercedes-Benz Challenge - Classificação C250 Cup
14h30: Ação promocional Speed Truck
15h30: Visitação aos boxes

Domingo, 28 de outubro
08h00: Warm Up - Mercedes-Benz Challenge
08h25: Warm Up - Copa Truck
09h15: Ação promocional Speed Truck
10h50: Mercedes-Benz Challenge - Corrida
12h00: Visitação aos boxes/Atrações de Pista
14h03: Copa Truck - Corrida 1
14h46: Copa Truck - Corrida 2

Fique por dentro de nossas redes sociais

Instagram: www.instagram.com/copatruck/Duda Barros
Facebook: www.facebook.com/copatruck 
Twitter: www.twitter.com/copa_truck Colaboração e foto: Bruno Vicaria/

A cidade de Curvelo/MG está fervendo com os grandes eventos em 2018.  Desta vez o Circuito dos Cristais recebe os brutos da Copa Truck na pista. Enquanto isso, a população conferiu de perto os caminhões irados na praça da cidade.

Fica a dica para você que gosta de adrenalina.

Outras informações: http://copatruck.com.br

Por Leo Tavares com foto de Gustavo Jacob

O capixaba multi campeão de motovelocidade, Rodrigo Dazzi já está confirmado na última etapa do GP Gerais e Brasileiro de Motovelocidade que vai rolar no fim de semana do dia 04/11/2018 em Curvelo/MG.

 

Mais antes, você poderá ver de perto a moto do Campeão que estará em exposição no hamburgueria Burgereat na sexta-feira (02/11). Além de degustar o melhor sanduíche da região, você poderá bater um papo com ele.

por Leo Tavares direto da redação.

Piloto da equipe Honda Racing é o segundo na tabela da categoria Pró e quer chegar ainda mais perto da liderança; Lucas Dunka, Leo Souza e Jetro Salazar completam o escrete vermelho nas disputas deste sábado (27).

O paulista Hector Assunção acelera em busca da terceira vitória consecutiva no Arena Cross Brasil. A quarta e penúltima etapa da competição será realizada neste sábado (27) em Lençóis Paulista (SP). A bordo da motocicleta Honda CRF 450R, o piloto da equipe Honda Racing está em segundo lugar na categoria Pró e quer manter a boa sequência de triunfos para chegar ainda mais perto da liderança.

A nove pontos do português Paulo Alberto, líder do certame, Hector Assunção vem motivado pela espetacular corrida de recuperação que fez na etapa anterior, em Boituva (SP). Na ocasião, ele saiu do último lugar para vencer a segunda bateria, garantindo, assim, o triunfo na etapa. “Estou bastante confiante, ainda mais depois de conseguir vencer mesmo vindo de trás”, afirmou. “As duas vitórias seguidas aumentaram minha confiança para esta etapa. Agora, preciso vencer para continuar firme em busca do título.” O piloto já venceu a competição em quatro oportunidades (duas vezes na classe Júnior, uma na 85cc e outra na MX2).

A disputa paralela das etapas decisivas do Brasileiro de Motocross, para ele, ajuda a manter o ritmo de prova. No último final de semana, Assunção disputou a sétima etapa da competição nacional em Caldas Novas (GO). “Venho de disputa do Campeonato Brasileiro, com um bom ritmo de corrida. Nesta semana, fizemos os últimos acertos para esta corrida do Arena Cross e estou bem animado. Espero vencer novamente e chegar no final do ano com o título”, acrescentou.

Lucas Dunka, de Santa Catarina, tenta subir ao pódio mais uma vez no Arena Coss. “A expectativa é boa. Velocidade eu tenho e também a moto bem acertada para esta prova. Vou para cima dos meus concorrentes para buscar um bom resultado”, disse.

Além de Assunção e Dunka, a equipe Honda Racing acelera com Jetro Salazar e Leo Souza. Todos competem pela classe Pró com motos Honda CRF 450R. A prova será disputada no Recinto da Facilpa e deverá ter, mais uma vez, casa cheia - são esperadas seis mil pessoas nas arquibancadas e camarotes montados no local.

Além das duas baterias da classe Pró, o Arena Cross, competição que é patrocinada pela Honda, apresentará as disputas das classes 50cc e 65cc. O evento, cujas provas são realizadas em uma pista compacta, também terá apresentações de freestyle e o Duelo 1x1, com corridas individuais entre pilotos. A equipe Honda Racing de Motocross conta com o patrocínio de Honda, Alpinestars, Bell, D.I.D e Mobil.

Arena Cross 2018 - 4ª etapa
Local: Recinto da Facilpa - Av. Lázaro Brígido Dutra, 300, Jardim Lago da Prata
Lençóis Paulista (SP)
Ingressos: https://www.arenacross.com.br/ingressos

Programação*: Sábado - 27/10
16h - Abertura dos portões
16h30 - Treinos cronometrados
17h30 /18h30 - Visitação de box
18h40 - Sessão de autógrafos
19h30 - Abertura do evento
19h35 - Duelo 1x1 - Pró
19h45 - Solenidade oficial
20h - Prova 50cc
20h20 - Prova 65cc
20h40 - Duelo 1x1 - Ídolos
21h - Apresentação dos pilotos da categoria Pró
21h10 - Prova da categoria Pró (1ª bateria)
21h30 - Show de Freestyle
22h - Prova da categoria Pró (2ª bateria)
22h20 - Solenidade de premiação.

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.

Colaboração e foto: Mundo Press/Idário Café

Emerson Loth, o Bombadinho, nem precisou disputar o XVI Enduro dos Reis, etapa final da temporada, para chegar ao sétimo título de campeão paranaense de enduro de regularidade. A prova encerrou o campeonato nos dias 20 e 21 de outubro, em Realeza (PR), e consagrou Loth com o troféu na categoria Master, a principal da competição.  

"Usei os dois descartes previstos no regulamento, um quando organizei uma das etapas e o outro agora na final. Estou muito feliz com o heptacampeonato", destacou o multicampeão da equipe KTM Sacramento.

O piloto já está se preparando para outra competição com a KTM 350EXC-F, a etapa final da Copa TCC, em Almirante Tamandaré (PR) neste fim de semana, dias 27 e 28. Em terceiro lugar na classificação, Bombadinho segue na briga pelo título do campeonato.

Emerson Loth é patrocinado pela KTM Sacramento.

Colaboração e foto: Publix/Arquivo CF