Pelo visto o GP Gerais vai queimar o asfalto esse ano!  O calendário de provas foi divulgado e promete um ano de velocidade e muita ação no Circuito dos Cristais, em Curvelo/MG.
Anote aí as datas:
1º Etapa: 18/03/2018
2º Etapa: 06/05/2018
3º Etapa: 01/07/2018
4º Etapa: 02/09/2018
5º Etapa: 04/11/2018

E o Canal CorrosivoFilmes estará presente em todas as etapas para levar até você as emeoções da pista.

por Leo "Corrosivo" direto da redação.

Depois de alguns anos fora do maior rally do planeta que completa este ano a sua 40º Edição, a marca espanhola aposta novamente suas fichas em busca de um lugar ao podium. A prova deste ano passará pelo Peru, Bolívia e Argentina.

A frente da esquadra espanhola estão os pilotos Jonathan Barragán, Johnny Aubert e Cristian España e dirigido pelo experiente Giovanni Sala, como Rally Team Manager.

Boa sorte aos pilotos!

Por Leo "Corrosivo" direto da redação.

O ano de 2018 chegou e promete grandes aventuras pelas trilhas mineiras. E para começar o ano colando a mão, a cidade de Casa Grande/MG distante apenas a 120 kms da Capital Mineira sentido Rio de Janeiro recebe a 2º edição do "Desafio da Torre"!

A competição será realizada no dia 14/01/2018 e será válida pela abertura do "Circuito Barroco Mineiro de Enduro FIM". A prova consiste em duas especiais baseadas nas provas de Enduro tipo FIM. A especial A tem 6.5kms e a especial B com apenas 2.5kms.

Olha só que bacana os detalhes que a organização preparou para os competidores, já na primeira especial o pilotos começam pelo desafio da subida da Torre, praticamente toda dentro da mata, com trilhas de nível médio testando a resistência do pilotos. Depois de um breve descanso, os competidores se deslocam para a segunda Especial.

Na segunda Especial, as trilhas tem um níveis um pouco mais técnico passando por trechos de pedras, mata fechada e muita trilha. Lembrando que o tempo só passa a valer a partir do momento que o piloto entra na especial.

Confira as Categorias:

GOLD - 04 VOLTAS

SILVER – 03 VOLTAS

BRONZE – 02 VOLTAS

BRASIL - (Somente para motos nacionais com até 250cc refrigerada a ar) – 02 VOLTAS

Outro ponto forte da prova é o sistema de apuração através de transponde da Totem (GPS) que proporciona resultado instantâneo e extremamente confiável. Assim no final vence quem tiver a menor somatória de tempos nas especiais.

Então e isso ai, o Desafio e uma prova bem simples pra galera se divertir e competir!

Informações e inscrições pelo site www.bokajf.com.br ou pelo Watsaap (31) 9.8445.8312 com Deyvson ou (32) 9.9113.4000 com o Boka.

Por Leo “Corrosivo” direto da redação com colaboração de Deyvson.

O Brasil vai com tudo para defender as cores da nossa bandeira na historica 40º Edição do maior evento off road do planeta, o Dakar 2018.

Confira abaixo o nome dos nossos pilotos:

Marcelo Medeiros
(Quadriciclos – Yamaha)

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin
(UTVs Can-Am)

Zeca Sawaya e Marcelo Haseyama
(UTVs Polaris)

Jorge Wagenfuhr e Idali Bosse
(Carros – Mitsubishi Triton)

Bora lá torçer para eles subirem ao podium levantando a bandeira verde e amarela.

Boa sorte pilotos!

Ao longo da semana publico aqui novidades da prova.

Fiquem ligados.

Por Leo "Corrosivo" direto da redação.

O tradicional encontro do Rapa-Noel 2017 foi marcada pela festa e diversão nesta quarta-feira (20/12/2017) que antecede o Natal e reuniu amigos e pilotos no tradicional Bar do Marcinho para a última trilha do ano.

Com a presença de uma centena de participantes, os pilotos participaram de uma gincana pra lá de divertida como a brincadeira do “Enem Off Road” onde o piloto tinha de responder uma pequena prova com perguntas dignas de crianças no primário. E o pior, muitos deles erraram as respostas. Sem comentários.

 Já outra brincadeira legal que agitou o encontro foi o “Treieiro Amigo”. Um piloto era amarado ao outro por uma fita zebrada e tinha o objetivo de percorrer um trecho de trilha no menor tempo possível sem arrebentar a fita.

Outra brincadeira que divertiu muito os participantes, foi percorrer por outro trecho de trilha prá lá de casca grossa com um ovo fixado por uma fita adesiva ao banco da moto na parte de trás. Ganhava o piloto que fizesse o menor tempo sem deixa-lo cair ou quebrar durante o trajeto.

Teve piloto que ao chegar com o ovo inteiro no final do percurso comemorou tomando o mesmo ali no meio da trilha. Já outros chegaram apenas com a fita ou com a calça de trilha suja pelo ovo quebrado durante o percurso.

Depois de andar por quilômetros pelo sol escaldantes que castigou o dia de trilha, os participantes retornaram ao Bar do Marcinho em Macacos para comemorarem com um belo churrasco e bebida gelada.  Agora era só aguardar o resultado da gincana off road e subir ao Podium para fechar o ano de 2017 com muita alegria.

Agora é aguardar 2018 chegar e começar tudo de novo cortando na alta.

confira a classificação no link : www.rallyvirtual.com.br/sitenovo/index.php/component/content/article/35-...

Até lá!

Por Leo “Corrosivo” direto das trilhas de Macacos.

Depois de faturar o tetracampeonato Brasileiro de Motocross na principal categoria, a MX1, a Equipe Yamaha Geração conquista outro importante título nacional. Jean Ramos conquistou neste sábado, 16 de dezembro, seu segundo título consecutivo do Arena Cross Brasil pela equipe Yamaha Geração Monster Energy, cujas corridas finais aconteceram na cidade de Lençóis Paulista, interior de São Paulo.

O triunfo de Jean Ramos e sua Yamaha YZ450F começou em abril, na abertura do campeonato, quando piloto e máquina venceram uma etapa complicada, realizada sob muita chuva em Caraguatatuba, São Paulo.

Na etapa seguinte, em Criciúma, Santa Catarina, o piloto conquistou mais uma brilhante vitória, permitindo que ele abrisse 18 importantes pontos de vantagem na liderança.

Na terceira rodada, em Ourinhos, São Paulo, Jean enfrentou alguns problemas e viu sua vantagem diminuir para 17 pontos. Mesmo assim, o piloto paranaense seguiu para a etapa final como o favorito ao título da competição. Com sabedoria, controlando as duas baterias da noite para evitar que um erro grave lhe tirasse o troféu, Jean Ramos somou duas vezes os pontos do quarto lugar, o suficiente para que ele se sagrasse bicampeão do Arena Cross.

"O Arena Cross é emoção até a última volta. Na primeira bateria fui um pouco mais agressivo e na segunda administrei o resultado. Foi uma das provas mais longas da minha vida. Mas graças a Deus deu tudo certo. O campeonato não foi vencido só hoje, mas ao longo de toda temporada. Gostaria de agradecer muito aos patrocinadores e as pessoas que me apoiam sempre. Feliz pelo bicampeonato e ano que vem vamos buscar o tri. Agora todas as atenções se voltam para o AMA Supercross, que vou correr nos Estados Unidos a partir de janeiro", disse Jean Ramos tomado pela emoção de sua conquista.

Com este resultado em Lençóis Paulista, a Yamaha comemora em 2017 a conquista dos dois principais troféus do motocross nacional, o Brasileiro de Motocross com Carlos Campano e o Arena Cross com Jean Ramos.

Fabio Santos, piloto da Yamaha Geração Monster Energy, finalizou a temporada de estreia na 450cc do Arena Cross com a 12ª colocação geral. Na etapa final, Fabinho teve seu melhor desempenho, o sexto lugar na bateria decisiva.

Resultados da final do Arena Cross 2017

Paulo Alberto / 1º-1º nas baterias
Hector Assunção / 3º -2º nas baterias
Humberto Martin / 5º -3º nas baterias
Jean Ramos / 4º -4º nas baterias
Jetro Salazar / 7º -5º nas baterias

Classificação final do campeonato

Jean Ramos / 126 pontos
Hector Assunção / 117 pontos
Paulo Alberto / 113 pontos
Humberto Martin / 106 pontos
Adam Chatfield / 102 pontos

Colaboração e foto: Yamaha do Brasil/Mau Haas

O Grupo Orange não para com as novidades e acaba de anunciar mais uma contratação de peso para sua equipe de competição O2BH/Yamaha.

Ronald Santi passará a defender as cores da marca Azul e Branca e promete defender o titulo de Campeão Brasileiro em 2018.

Boa sorte ao piloto e a equipe que esta cada vez mais forte.

Por Leo "Corrosivo" direto da redação com foto do Grupo Orange

No Time da Yamaha do Grupo Orange não para de chegar campeões. Desta vez o novo membro do Team Azul e o multi-campeão Romulo Bottrel que promete acelerar de Yamaha 250cc/2Tempos.  Campeão brasileiro em 2017 no Hard Enduro e também no Enduro FIM, Bottrel promete colar a mão para manter os títulos em 2018.

Para o chefe de equipe Carlos Constantino, este ano a equipe contará com uma equipe com estruturas completas e com duas frentes para correr em diversas modalidades. “Para nós da O2BH/Yamaha, renovar com o Botrell por mais um ano trará excelentes resultados para a marca. Estamos muito felizes com esta parceria e em breve vamos anunciar outras novidades, comentou o chefe de equipe do Grupo Orange ao site CorrosivoFilmes.

Boa sorte ao Bottrel e agora e aguardar estas outras novidades.

Por Leo "Corrosivo" direto da redação.

A linha 2018 dos Capacetes da ASW ficou simplesmente insano!. Novas cores, mais leve, mais ventilado e com um novo sistema de absorção de impacto entre os produtos do mercado. O novo capacete foi projetado para fornecer extrema segurança, conforto e higiene, o capacete ASW Concept 2018 é a perfeita combinação entre estilo e eficiência.

Com a premiada tecnologia Conehead™ incorporada à sua estrutura, este modelo reduz em, no mínimo, 20% a força do impacto em casos de acidente, além de dividir a área de pressão exercida sobre o crânio. Para torná-lo ainda mais enrijecido, é adicionada mais uma camada tridimensional de múltipla densidade, que fixa o casco ao isopor, tornando-os assim uma única peça.

Além disso, agora o capacete Concept tem duas variações de modelo: Commander, com pintura fosca disponível nas cores laranja/azul e vermelho/fluor, e Hyperspace, com pintura brilhante e disponível nas cores vermelha e menta.

Por Leo "Corrosivo" com colaboração e foto da ASW.

No último fim de semana, houve o encerramento do Campeonato Brasileiro de Hard Enduro com a prova Night Track, realizada no município de Morungaba - SP.
A prova teve duas baterias sendo a tradicional prova noturna no sábado, como prólogo e a prova no dia seguinte.  Os pilotos enfrentaram um circuito desafiante no sábado atravessando um estábulo abandonado com diversos obstáculos artificiais que serviram para colocar a técnica dos pilotos a prova. O público que esteve presente nesse dia pode acompanhar e vibrar junto com os pilotos, afinal estavam a poucos metros de toda a ação.

Já no domingo, a prova principal aconteceu no parque Ecológico Pedro Mineiro e começou às 9:00 com  largada Le Mans, segundo os pilotos, a prova teve um nível técnico bastante elevado, permitindo aos pilotos aplicarem todas as técnicas de pilotagem. O percurso foi marcado por obstáculos difíceis, porém não impossíveis de serem transpostos e isso deixou a prova extremamente divertida. A prova de Domingo também contou com o público que vibrou com os pilotos que passavam nos “VIEW POINTS”.

Outra novidade desta etapa foi a introdução da categoria experimental Iron, destinada a pilotos com pouca experiência em competições de hard enduro ou pilotos que queriam desfrutar as trilhas sem tanto sofrimento. O feedback dessa categoria foi tão positiva que os organizadores do brasileiro de Hard Enduro estão pensando em introduzir a Iron em definitivo para o calendário 2018 como uma “Categoria de Base”.

Abaixo temos os resultados finais da prova:

Gold:
1º - Rigor Rico
2º - Ripi Galileu
3º - Fabiano Herbert

Trial:
1º - Luiz Felipe Brunato
2º - Paulo André Seidl
3º - Igor Azevedo

Silver:
1º -Bruno Monteiro
2º - Wanderlei Souza
3º - Rodrigo Zuccon

Bronze:
1º - Tirso Franco
2º - Valério Teles
3º - Pierluigi Clini

Nacional:
1º - Benedito Coser
2º - Adeilton Santos
3º - Evandro Souza

Iron:
1º - Rodrigo Lima
2º - Marco Aurélio
3º - Ivair Rissato

Classificação final do Campeonato:

Gold:
1º - Rigor Rico
2º - Ripi Galileu
3º - Tiago Teixeira

Trial:
1º - Luiz Felipe Brunato
2º - Ken Yonezawa
3º - Jordi Picola

Silver:
1º - Ronald Santi
2º - Rodrigo Zuccon
3º - Romulo Bottrel

Bronze:
1º - Tirso Franco
2º - Lucas Rocha
3º - Marcelo Barbosa

Nacional:
1º - Benedito Coser
2º - Paulo Rogério
3º - João Bosco

Colaboração e foto: Calango Publicidade/Christian Camilo