Pilotos Rígor Rico e Ripi Galileu elogiam a prova e se dizem impressionados com o nível das trilhas e dos pilotos que competiram com eles na categoria Master.

 

Não é por sorte que o Independência é considerado por muitos o maior enduro de regularidade do país: ele é forte. Foram 4 dias de prova, mais de 600km de trilhas, um grupo enorme de Staff´s e uma organização impecável pra que ele acontecesse com tanto sucesso. Largando em Lavras e chegando em Itajubá, no Sul de Minas, depois de passar por 11 municípios, Rígor Rico e Ripi Galileu não pouparam elogios àquela que consideram a categoria mais complexa do enduro.

As médias na categoria Master são altas, é preciso ser rápido. Mas ser rápido é um desafio quando ao mesmo tempo é preciso navegar, estar atento aos tempos, referências e odômetro na planilha. Tarefa ainda mais complicada se você usa o road book mais roots, com a planilha impressa. Realmente não é fácil.

Com uma experiência quase nula em relação ao uso desses equipamentos, os irmãos da Beta queriam mesmo é se desafiar fora da modalidade que lhes é mais afinada, o Hard Enduro. Eles sabiam, com naturalidade, que teriam dificuldades no EI 2018 correndo em sua categoria principal, mesmo sendo campeões na Duplas Graduados de 2017. Mas fato é que eles voltaram com a mochila cheia de experiências.

“_É inacreditável o quanto de prática é preciso pra andar rápido navegando. Uma piscada naquele movimento ‘cara, crachá’, que é olhar a planilha, pegar a referência, levantar o rosto e identificar aquela referência na paisagem, e pronto, você errou. Ou se perdeu” disse Ripi Galileu.

E não tem perdão: cada erro custa caro numa prova em que quem vence é o mais regular. A constância de andar sempre dentro da velocidade média da planilha é que te dá a vitória. Com pouco tarimbo era quase certo que se perder e errar seria só questão de tempo, coisa que inclusive foi levada de forma leve por Rígor em vídeos postados nas redes sociais. Várias vezes ele se riu das “perdidinhas básicas” diárias nos Stories do Instagram.

Para bem além disso, o nível da categoria estava altíssimo, com nomes de peso como Jomar Grecco (que acabou sagrando-se campeão pela 5ª vez, feito histórico), Tuníco Maciel (atual campeão do Rally dos Sertões) e outras feras bravas do Regularidade como o Vinicius “Galego” e Emerson “Bombadinho”. Sem dúvidas ir para o embate com esses caras é desafiador e valoriza o EI.

“_Pra mim é uma honra estar na mesma prova que eles. Tuníco é um exemplo, acabou de vencer o Sertões. Jomar, uma lenda, agora 5 vezes campeão. Claro que vim com a intenção de dar meu melhor, ou não sairia de casa, mas acho que a posição que consegui, tendo em vista minha pouca prática em Regularidade e o nível dos pilotos, foi justo. Me desafiei, superei e estou feliz” conta Rígor.

A prova acabou, mas fica a lembrança e o aprendizado. Muito respeito por aqueles que fazem dessa prova um verdadeiro espetáculo. A equipe agora se prepara para o Vita Racing Hard Enduro, em Araguaína, Tocantins, que promete ser um hard puro sangue. Vamos torcer!

A Equipe Beta Brasil 3R tem patrocínio da Beta Motors Brasil, 3R Motos, Rinaldi, BMS, Mobil, Pacalub, BC Pneus, Motoarts, Calango, Toro, Ride 100%, Durag e Rebello Fitness.

colaboração e foto: 

 

A piloto do Team Rinaldi, Bárbara Neves, foi o grande destaque da edição 2018 do Enduro da Independência, ao ser a única mulher a completar o desafio, garantindo o título da categoria Feminina. O evento contou com 254 competidores, quatro dias de disputas e cerca de 600 quilômetros de percurso, entre as cidades de Lavras e Itajubá, em Minas Gerais.

E esta não foi apenas sua estreia na competição, mas também a primeira vez que participou de uma prova de regularidade. “O Enduro da Independência é muito tradicional no cenário off road, cresci vendo meu pai participar e estou muito feliz por ter a oportunidade de encará-lo e ainda vencê-lo”, destaca a atual campeã Goiana de Cross-Country e Brasileira de Enduro FIM. 

A organização explorou trilhas de alto nível técnico pela região Sul de Minas Gerais e da Serra da Mantiqueira, sendo o evento considerado um dos mais desafiadores em 36 anos de história. Os participantes enfrentaram muitas pedras, pontos acidentados, terrenos lisos, subidas e descidas íngremes, tudo isso em meio a um cenário deslumbrante.

O Team Rinaldi contou ainda com Emerson “Bombadinho” Loth, Rigor Rico e Ripi Galileu, na Master. Bomba, considerado um dos favoritos ao título da categoria principal, abandonou no terceiro dia, após cair e machucar o cotovelo. Rigor e Ripi, que, assim como Bárbara, são destaques no Enduro FIM e Hard Enduro, encontraram dificuldades com a navegação e encerraram em sexto e sétimo lugares, respectivamente.

Bárbara, Bombadinho, Rigor e Ripi utilizaram os pneus HE 40 da Rinaldi, marca que também patrocinou o Enduro da Independência 2018. Para Bárbara, o modelo foi essencial em sua conquista. “A prova envolve diversos tipos de terreno, precisávamos de um pneu que oferecesse tração e segurança em qualquer situação e ele nos garantiu tudo isso”, destaca.

Colaboração e foto: ID – Assessoria de Comunicação Estratégica/Leo Tavares/CF

Em sua 36º Edição, o piloto capixaba Jomar Grecco conquista título inédito na história da prova na categoria Master. Pela quinta vez, Jomar crava no troféu dos campeões mais uma vez seu nome e chega a marca de Pentacampeão da mais tradicional prova de Enduro de Regularidade do Brasil.

 

Master

1º Jomar Grecco

2º Tunico Maciel

3º Thiago Veloso

4º Vinicius Moraes (galego

5º Gabriel Soares

Por Leo "Corrosivo" direto da redação.

 

Literalmente o Enduro da Independência rodou pelas trilhas altas da Mantiqueira em seu último dia (08/09) de competição e o céu foi o limite!

Depois de 04 dias e mais de 580 quilômetros percorridos, o último dia de prova passou pelas mais belas trilhas da região da Mantiqueira na região de Itajubá neste sábado 08 de setembro. Um dos pontos que marcou o dia foi o neutro da Asa Delta no Município de Piranguçu, para obrigatória para registrar o visual na memória!

Trilhas entre matas fechadas, trechos de estrada de terra ziguezagueando entre montanhas, os pilotos percorreram 139 kms em mais de 5 horas em cima das motos, os pilotos retornaram para o Parque da Cidade para receberem sua merecida medalha de participação.

Classificação final da 36º Edição do Enduro da Independência:

Master

1º Jomar Grecco

2º Tunico Maciel

3º Thiago Veloso

4º Vinicius Moraes (galego

5º Gabriel Soares

 

Sênior

1º Gabriel Martins

2º Sandro Hoffmann

3º Wanderlei de Souza

4º Helder da Silva Meireles

5º Regis Gonçalves Campos Junior

 

Over 40

1º Edson Ribeiro Magalhães

2º Julio Assis

3º Alison Branco

4º Erasmo Schwanz

5º Clecio Hiert

 

Brasil

1º Dario Julio

2º Artur Knop Louzada

3º Ian Silva Pereira

4º Fabio Coelho Amaral

5º Gilsimar Prudente Inácio

 

Dupla Graduado

1º Francis Feliciano Santos

2º Claudio Hiert

3º Vinicius Campos Mendes

4º Saulo Bolandini

5º Thales Brito

 

Over 45

1º Adilson Ribeiro dos Santos

2º Marcio Miranda

3º Jose Dilamar S.de Souza

4º Claudio Carvalho dos Santos

5º Weuler Caixeta Piau

 

Júnior

1º João Caçado

2º Maicon Ribeiro Corguinha

3º Pedro Lucas Rocha Dias

4º Leonardo Scherr Brandi

5º Gustavo Ferraz Pereira

 

Dupla Júnior

1º Luiz Henrique Pissolati Acerbi/Rubens Basse Gonçalves Filho

2º Leildo Silva/Saul Zakkour

3º Marcelo Dombrowsk/Gilso Jose de Moraes

4º Talles Dias Torquato/Pablo Rodrigues Dias

5º Nicolas Diego Muller/Luiz Augusto Bachi

 

Over 50

1º Edson de Castro Maciel

2º Noé de Oliveira

3º Valdir Luiz Breitembach

4º Marcio Lofiego

5º Mauricio Marques Miranda

 

Over 55

1º Antonio Augusto J.de Castro

2º Beto Corvo

3º Cleivon Rizza

4º Benedito Olinto O.martins

5º Luiz Filipe Coelho

 

Over 60

1º George Parik

2º Joao Caçamba

3º Ronald Moura Santi

4º Paulo Roberto C.de Carvalho

5º Adhemar Euclydes de Souza

 

Feminino

1º Barbara Neves Gonzaga

2º Jessica Ribeiro Samia

 

Novato

1º Andre Rezende

2º Renan Freitas

3º Rodrigo Mercer

4º Leonir Dieter

5º Joelson Pereira de Andrade

 

Brasil Iniciante

1º Jose Marcio da Silva

2º Joao Pedro de Oliveira Fraiz

3º Veraldo Rosa de Lima Junor

4º Victor Rodrigues

5º Wellerson Araujo

 

Dupla Estrente

1º Elder Neder dos Santos/Geberson Jesus

2º Leonardo Pereira Vaz de Mello/Lincoln Lino da Costa

3º Diego Henrique Morais Souza/Marcus Vinicius da S.rivelli

4º Felipe Arantes/Ricardo de Oliveira Correa

5º Luis Danilo M.e Carvalho/Estevan Faccioli

O Enduro da Independência 2018 conta com o patrocínio e apoio da Honda do Brasil, Yamaha do Brasil, FIAT, O2BH Yamaha, ASW Racing, Rinaldi Pneus, Cervejaria Backer, Menta Motos, BMP Especial Parts, Tecar Jepp, Água Mineral Ingá, Microcity, Prefeitura Municipal de Lavras, Prefeitura de Lambari e Prefeitura Municipal de Itajubá.

Enduro da Independência.

 

O terceiro dia do Enduro da Independência neste feriado foi marcada pelas belas trilhas e pelas comemorações do Sete de Setembro pelo caminho!

Mesmo a manhã fria em Lambari/MG não foi párea para o calor dos motores no terceiro dia do Enduro da Independência 2018, que culminou com a comemoração do sete de setembro nas cidades do caminho até Itajubá/MG.

Bem diferente dos dois primeiros dias de prova, o terreno mudou das pedras para as trilhas lisas das Mantiqueira. Pelo caminho, muitas trilhas entre as montanhas passando entre as plantações de Café, matas fechadas e muita poeira.

Um dos pontos altos do dia foi a comemoração do 7 de Setembro pelas cidades do caminho. Na pequena Heliodora uma festa para receber os novos heróis da Independência marcou a passagem dos competidores e de muitas crianças.

E após cinco horas e 135 quilômetros pelas trilhas da Mantiqueira, os pilotos chegaram em Itajubá para o merecido descanso. Agora falta muito pouco para conhecer os grandes campeões de 2018.

Resultado completo, você confere aqui: http://totemnow.com.br/site/2018/09/07/07-09-enduro-da-independencia-dia-3/

Programação do último dia de Prova:

08/09

Itajubá/MG a Itajubá/MG

O Enduro da Independência 2018 conta com o patrocínio e apoio da Honda do Brasil, Yamaha do Brasil, FIAT, O2BH Yamaha, ASW Racing, Rinaldi Pneus, Cervejaria Backer, Menta Motos, BMP Especial Parts, Tecar Jepp, Água Mineral Ingá, Microcity, Prefeitura Municipal de Lavras, Prefeitura de Lambari e Prefeitura Municipal de Itajubá..

Enduro da Independência.

 

 

O Enduro da Independência chegou em seu segundo dia de competição e pela frente muita trilha e pedras pelo caminho.

Um dia técnico e repleto de pedras pela frente, assim foi o 2 dia do Enduro da Independência 2018 que saiu cedo nesta quinta-feira de Lavras/MG rumo a pacata cidade de Lambari no Sul de Minas. Pelo caminho dos competidores, as pedras da região São Thomé das Letras/MG e região.

Um dos principais desafios do dia foi a passagem pelos paredões de pedras conhecida pelo apelido de “Pedra do Defunto” e a famosa Trilha do Cemitério. Pelo percurso muito cascalho solto, exigindo dos pilotos resistência física e atenção redobrada na planilha.

E após 182 quilômetros em seis horas de prova enfrentado os mais variados obstáculos, o pilotos chegaram para o merecido descanso em Lambari. E a aventura continua neste 7 de Setembro rumo a Itajubá.

Para conferir a classificação completa do dia de hoje, acesse o link:

http://totemnow.com.br/site/2018/09/05/05-09-enduro-da-independencia-dia-1/

Programação da Prova:

07/09

Lambari/MG a Itajubá/MG

08/09

Itajubá/MG a Itajubá/MG

O Enduro da Independência 2018 conta com o patrocínio e apoio da Honda do Brasil, Yamaha do Brasil, FIAT, O2BH Yamaha, ASW Racing, Rinaldi Pneus, Cervejaria Backer, Menta Motos, BMP Especial Parts, Tecar Jepp, Água Mineral Ingá, Microcity, Prefeitura Municipal de Lavras, Prefeitura de Lambari e Prefeitura Municipal de Itajubá.

Por Leo "Corrosivo" direto das trilhas do Ei2018

Começou oficialmente a competição a 36º Edição do Enduro da Independência 2018 na cidade de Lavras no Sul de Minas nesta quarta-feira (05/09). Conhecida pelo nível técnico das trilhas, as montanhas ao redor de Lavras são repletas de trilhas com muitas pedras e cascalho.

A manhã que começou fria, logo perdeu espaço para a movimentação dos pilotos pelas trilhas da região. Foram percorridos 135 quilômetros entre as cidades de Lavras e Itumirim. Um dos destaque do dia foi a famosa trilha do “UFC” que deixou muitos pilotos de diversas partes do país encantados como visual e a qualidade das trilhas da região.

E depois de 6 horas rodando pelas trilhas, já era hora de retornar a Lavras para descansar e conhecer os campeões do 1º Dia de Prova na Praça Dr. Augusto Silva e curtir uma bela apresentação com a equipe de manobras radicais Força & Ação.

Amanhã os pilotos continual a aventura bem cedo, saindo de Lavras rumo a pacata cidade de Lambari, passando por mais trilhas repletas de pedras pelo caminho.

O resultado completo da prova, você confere no link abaixo:

http://totemnow.com.br/site/2018/09/05/05-09-enduro-da-independencia-dia-1/

Lavras/MG a Lambari/MG

07/09

Lambari/MG a Itajubá/MG

08/09

Itajubá/MG a Itajubá/MG

O Enduro da Independência 2018 conta com o patrocínio e apoio da Honda do Brasil, Yamaha do Brasil, FIAT, O2BH Yamaha, ASW Racing, Rinaldi Pneus, Cervejaria Backer, Menta Motos, BMP Especial Parts, Tecar Jepp, Água Mineral Ingá, Microcity, Prefeitura Municipal de Lavras, Prefeitura de Lambari e Prefeitura Municipal de Itajubá.

Por Leo Tavares direto do Ei2018

A sexta etapa do Campeonato Gaúcho Borilli de Enduro 2018 reuniu os melhores pilotos do Rio Grande do Sul neste domingo, dia 2, no Parque de Rodeios de Santa Tereza (RS). Com chuva intensa durante a semana que antecedeu a prova, o percurso ficou bastante técnico e exigente. Usando sua larga experiência nestas condições, Gustavo Pellin, da equipe KTM Sacramento, conquistou o primeiro lugar na Geral e na categoria E2. Foi a quarta vitória consecutiva do atleta de Caxias do Sul na atual temporada do estadual.

Apesar da melhora no clima no dia do evento, o percurso permaneceu extremamente escorregadio. "As trilhas estavam bem molhadas, os rios cheios e as três especiais com terreno liso, muitas pedras e barro, como é característico na região", explicou Pellin. "A primeira especial tinha uma descida longa e bastante pedra lisa. A segunda, com cerca de 11 minutos, exigiu bastante da parte física e, além das pedras, contou com muitas raízes. A terceira, que começava subindo, também tinha muitas raízes atravessadas e pedras".

Pellin determinou o ritmo da prova desde o início. "Andei bem na primeira volta cronometrada (após uma de reconhecimento), não errei, não caí e abri uma boa vantagem. Na segunda volta valendo, terceira e última da etapa, preferi não arriscar tanto, claro, forçando para manter a diferença e deu certo", completou o piloto que acelera uma KTM 350 EXC-F.

Outros quatro pilotos representaram a KTM Sacramento na competição e todos foram ao pódio: Maurício Rizzon foi o terceiro mais rápido na E2, Willian Palandi e Anderson Vieira foram segundo e quarto colocados na E1 enquanto Cassiano Tebaldi disputou a vitória na E40 finalizando a corrida no segundo lugar.

A sétima e penúltima etapa do Campeonato Gaúcho Borilli de Enduro 2018 está programada para o dia 7 de outubro em São Marcos. A equipe KTM Sacramento é patrocinada por KTM, Dafra, Borilli Racing, Motul, Alpinestars, Bell, 100% e Edgers.

Resultados dos pilotos KTM Sacramento na sexta etapa do Campeonato Gaúcho Borilli de Enduro 2018:

Geral
1. Gustavo Pellin - KTM Sacramento

E2
1. Gustavo Pellin - KTM Sacramento
3. Maurício Rizzon - KTM Sacramento

E1
2. Willian Palandi - KTM Sacramento
4. Anderson Vieira - KTM Sacramento

E40
2. Cassiano Tebaldi - KTM Sacramento

Colaboração: Publix/

A edição 2018 do Enduro da Independência segue rumo às trilhas altas da Mantiqueira e promete ser a mais desafiadora em 36 anos de história. O evento inicia nesta quarta-feira, dia 5 de setembro, em Lavras (MG), com percurso de aproximadamente 600 quilômetros até a chegada no sábado, em Itajubá. A Rinaldi não apenas patrocinada a competição, como também estará acelerando com um time de peso, formado pelos pilotos Emerson “Bombadinho” Loth, Rigor Rico, Ripi Galileu e Bárbara Neves.

O primeiro dia será de alto nível técnico. Após largar no Lavras Shopping, os competidores passam por Itumirim e retornam ao mesmo local. Na segunda etapa, as pedras tomam conta do cenário. Saindo de Lavras, os atletas aceleram por Ingaí, São Tomé das Letras, Conceição do Rio Verde e Lambari. No dia seguinte, muita emoção, com mudança das pedras para o terreno liso. Eles partem de Lambari para Heliodora, Natércia e Itajubá. Por fim, o roteiro celebra o Regularidade, com os “balaios” entre subidas e descidas íngremes, saindo de Itajubá para Piranguçu, com volta ao meio dia.

Campeão de 2014, Bombadinho sonha com a conquista de mais um título na Master. “A expectativa é grande e o pensamento é de vitória. Mas sabemos que o desafio é longo e bastante difícil, mais que o físico, exige grande preparação mental. Espero manter a tranquilidade, conquistando pontos importantes a cada dia”, explica o tricampeão brasileiro de enduro de regularidade.

Os irmãos Rigor e Ripi, que venceram a Duplas Graduados no ano passado, buscam superação e também irão enfrentar a categoria principal. “Temos experiência no Enduro FIM, falta o domínio da planilha do Regularidade. Porém, compensaremos com técnica e velocidade. Usaremos os pneus Rinaldi HE 40, com bom desempenho em todos os tipos de terreno. Vamos para tentar a vitória e para nos divertir”, afirma Ripi.

Já Bárbara, que também é destaque nacional no Enduro FIM, fará sua primeira participação. “O Enduro da Independência é uma prova muito tradicional no cenário off road, cresci vendo meu pai participar e hoje é uma honra para mim. Vou disputar a Feminina. A modalidade é bem diferente do que eu estou acostumada, principalmente a navegação, mas espero me sair bem”, comenta.

Um grande diferencial do evento será o Box Rápido Rinaldi e Moto Point, que estará acompanhando a disputa, prestando assistência para todos os pilotos que utilizarem os produtos da marca, com preços especiais e montagem gratuita. A Rinaldi ainda preparou outras ações durante a competição, incluindo distribuição de brindes pelas promotoras e sessão de autógrafos com seus pilotos.

Colaboração e foto: ID Comunicação/Angelo Savastano

O Enduro da Independência chega a sua 36ª Edição em 2018 e promete uma aventura inesquecível pelas trilhas altas da Mantiqueira.

Em sua 36ª edição, o Enduro da Independência vai passar pelas trilhas altas da Serra da Mantiqueira no sul de Minas. No primeiro dia de prova, os pilotos vão sair da pacata cidade de Lavras e vão rodar em torno das suas montanhas enfrentando trilhas repletas de Cascalho solto e solo duro, sendo considerado pela organização como um dia extremamente técnico para os pilotos.

Já no segundo dia de prova, os competidores sairão bem cedo de Lavras rumo a charmosa cidade de Lambari. Pelo caminho encontrarão trilhas mistas, passando por matas fechadas, pedras e altas montanhas da região.

No terceiro dia do Enduro da Independência, 7 de setembro, os pilotos vão sair bem cedo da cidade de Lambari. Pelo caminho um novo tipo de terreno, as trilhas lisas e úmidas marcam esse dia de competição que promete para os pilotos emoção à mais!  Desfiles e  muitas crianças receberão os pilotos em suas pequenas cidades para comemorarem juntos. Sem dúvida, será um dia especial para os competidores do Enduro da Independência.

Quarto e último dia de prova! Agora falta pouco para conhecer quem serão os novos campeões da 36ª edição Enduro da Independência. Pelo caminho do último dia,  muitas trilhas no alto das Montanhas da região de Itajubá. Entre os terrenos úmidos e lisos, um desafio extra, o frio característico da região será um obstáculo a ser superado até o retorno dos pilotos à cidade de Itajubá.

O Brasil do Enduro de Regularidade se encontra aqui.

O Enduro da Independência é uma das provas mais esperadas do ano para quem pratica a modalidade de regularidade. Pilotos de Norte a Sul do Brasil confirmaram sua presença na 36ª edição. Entre ele, o Campeão Brasileiro de hard Enduro Rigor Rico, o Multicampeão de Motocross Jorge Negretti, o atual Campeão do Rally dos Sertões 2018 Tunico Maciel, entre outras feras.

 O capixaba e atual campeão do Enduro da Independência em 2017, Jomar Grego está na busca do seu quinto título se tornando o primeiro piloto a conquistar essa façanha. Mas não será nada fácil para o campeão! Tunico Maciel, Emerson Loth, Tiago Veloso e o estreante na modalidade Gabriel Soares prometem dar muito trabalho para Jomar.

Tudo indica que este ano o Enduro da independência  será a prova mais marcante do ano.

Para saber mais a respeito da prova acesse endurodaindependencia.com

Confira abaixo a programação:

PROGRAMAÇÃO DA PROVA 2018:

04/09

Entrega de Material e Largada Promocional em Lavras/MG

05/09

Lavras/MG a Lavras/MG

06/09

Lavras/MG a Lambari/MG

07/09

Lambari/MG a Itajubá/MG

08/09

Itajubá/MG a Itajubá/MG

O Enduro da Independência 2018 conta com o patrocínio e apoio da Honda do Brasil, Yamaha do Brasil, FIAT, O2BH Yamaha, ASW Racing, Rinaldi Pneus, Cervejaria Backer, Menta Motos, BMP Especial Parts, Tecar Jepp, Água Mineral Ingá, Microcity, Prefeitura Municipal de Lavras, Prefeitura de Lambari e Prefeitura Municipal de Itajubá.