Boletim Dakar 2019 - X Rally Team segue para etapa maratona no Dakar

Depois de enfrentarem quase 800 quilômetros na terceira etapa do Dakar, entre San Juan de Marcona e Arequipa, a equipe X Rally Team agora se prepara para a etapa maratona, na qual não pode haver nenhum tipo de assistência das equipes. Os competidores da categoria UTV partem de Arequipa rumo a Tacna em 664 quilômetros, dos quais 405 são cronometrados.

Ainda falando da etapa do dia anterior, Beco Andreotti resumiu bem o que foi o terceiro dia do Dakar. “Foi a especial mais difícil que já fiz na minha vida”, diz o navegador tricampeão do Rally dos Sertões e com 20 anos de experiência no off-road.

“Muito, muito difícil. Especial completa, que tinha de tudo. Paramos para trocar dois pneus furados e depois para trocar uma correia; e o deslocamento final foi de matar. Foram 460 quilômetros por uma das estradas mais perigosas do mundo, e por onde se olhava havia cruzes na beira da pista: só tinha barrancos altíssimos subindo a serra, na beira do mar. Acho que vi umas 200 cruzes fincadas pelo caminho – tudo sinalizando de gente que sofreu acidente fatal naqueles pontos”, descreveu Andreotti.

“Tá loco. Muito trânsito, caminhão, gente passando em fila dupla, tendo de parar, um frio congelante, de matar mesmo. O Cristian chegou a ter soluços por causa do frio”, lembrou Beco. No acampamento em Arequipa, as equipes de apoio chegaram a experimentar a sensação térmica inferior a zero grau – isso depois de enfrentarem mais de 30 graus de calor durante o dia.

“O importante é que chegamos, completamos a especial toda e bem. Agora vamos para a maratona e o objetivo é completar sem problemas”, finalizou o navegador, que durante a etapa chegou a estar com o terceiro melhor tempo nos primeiros waypoints.

Os UTVs da X Rally Team largam para a quarta etapa logo mais. Marcos Baumgart e Kleber Cincea, no 412, ocupam a sexta posição na classificação geral e partem para a prova às 10h04 locais (13h04 de Brasília); Cristian Baumgart e Beco Andreotti, em 14º na somatória de tempos, partem com o 398 às 10h12 (13h12 de Brasília). Serão 259 quilômetros de deslocamentos e 405 de especial cronometrada, totalizando 664 na primeira parte da maratona.

Resultado – UTVs (SxS):
3ª etapa: San Juan de Marcona - Arequipa (331 km cronometrados)
7. Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Can-Am) – 5h03min21s (27min23s do líder)
9. Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Can-Am) – 5h15min39s (39min41s do líder)

Classificação geral – UTVs (SxS):
6. Marcos Baumgart/Kleber Cincea (Can-Am) – 10h35min53s (35min05s do líder)
14. Cristian Baumgart/Beco Andreotti (Can-Am) – 11h26min20s (1h25min52s do líder)

O TRAJETO DO DAKAR 2019 NO PERU

10/01 (qui): 4ª Etapa: Arequipa > Tacna
(Deslocamentos: 259 km; Especial: 405 km; Total; 664 km)

Por Leo Tavares com colaboração da P1 Media Relations com foto de Gustavo Epifânio/photosdakar.com